Kelly Lima

"La La Land" foi o grande destaque do Globo de Ouro 2017

O musicou arrebatou nada menos que sete troféus

"La La Land" foi o grande destaque do Globo de Ouro 2017
Cena do filme La La Land Foto: Reprodução

Não teve para ninguém! “La La Land – Cantando Estações” mostrou toda a sua superioridade em relação aos adversários e conseguiu vencer em todos os sete prêmios aos quais foi indicado no Globo de Ouro, se consagrando o filme do ano. O musical protagonizado por Emma Stone e Ryan Gosling conseguiu uma marca histórica na noite do último domingo (08) ao superar os longas “Um Estranho no Ninho”, de 1975, e “O Expresso da Meia-Noite”, 1978, ambos com seis troféus cada. O feito é um recorde e levou cerca de 40 anos para ser quebrado. Vai ser difícil alcançar ou ultrapassar a obra.

Melhor filme cômico, diretor e roteiro (Damien Chazelle), atriz (Emma Stone), ator (Ryan Gosling), canção (City of Wars) e trilha sonora original, essas foram as sete categorias vencedoras de “La La”, que também está na disputa para concorrer ao Oscar, no dia 24 desse mês. Os mais ansiosos estão contando nos dedos o dia em que o filme finalmente irá estrear nos cinemas brasileiros, no dia 19 de janeiro. O musical foi a bola da vez, mas não podemos deixar de comentar a bela vitória de “Moonlight: Sob a Luz do Luar”, de Barry Jenkins, na categoria de melhor drama. Assim como “The Crown” da Netflix levou dois prêmios, o de melhor seriado e melhor atriz em série de drama.

Porém, o momento mais surpreendente da 74º edição do Globo de Ouro foi o beijo entre Ryan Reynolds e Andrew Garfield. Eles estavam sentados na mesma mesa e foram flagrados em um momento pra lá de ousado. O beijo teria sido consequência dos dois terem perdido nas categorias de melhores atores. Reynolds, que concorria pelo seu papel de Deadpool perdeu para Gosling, já Garfield concorria pela sua atuação em “Até o Último Homem”, mas se viu derrotado por Casey Affleck, de “Manchester Á Beira-Mar”.

  • compartilhar no facebook
  • compartilhar no google plus
Comentários