Diário 24 Horas

Fernanda Montenegro fala sobre polêmica em "Babilônia": "Tudo está muito extremado"

"É uma caça às bruxas o que estão propondo, de todos os lados", comentou a atriz em entrevista

Fernanda Montenegro fala sobre polêmica em "Babilônia": "Tudo está muito extremado"
Carol Souza
PorCarol Souza

Aos 85 anos de idade a atriz Fernanda Montenegro surpreendeu nesta semana. E não pelo comentadíssimo beijo gay dado em Nathalia Timberg em cena em "Babilônia", novela das 21h da Rede Globo, mas sim por se dizer surpreendida com a repercussão da cena e os pedidos de boicote à trama.

Em entrevista ao blog de Patricia Villalba, da revista Veja, a veterana da TV, que já concorreu a Oscar por sua atuação em "Central do Brasil", classificou os comentários contrários como "caça às bruxas". "Tudo está muito extremado, e as coisas estão se radicalizando de uma forma muito desesperada. A reação ao beijo é moral, e a cena é julgada com a verdade divina, absoluta. Todos temos o direito de se posicionar. O problema é a radicalização desse pensar e no que ele pode se transformar", disse ela.

Falando ainda sobre as reações, Fernanda comentou o burburinho em âmbito político e pessoal, através de redes sociais. "Não precisamos desses exércitos. É uma caça às bruxas o que estão propondo, de todos os lados".

Falando sobre a trama, Fernanda disse que o casal ainda será mostrado juntamente com sua história: "Ainda vai ser mostrado a vida dura que elas tiveram, até chegarem a esse encontro de vida comum. O beijo que está dando essa confusão é um beijo casto, amoroso, sem desafio erótico ou didática. É uma demonstração de carinho".

Fernanda ainda comentou a reação de alguns deputados à cena gay, e foi bastante crítica: "O país está enfrentando uma crise bastante vivida e sentida, e tem gente disposta a se revoltar contra o beijo de duas atrizes de quase cem anos de idade dado dentro de uma relação sacramentada pela vida afora".

E mesmo com toda a polêmica que poderia causar, Fernanda disse não ter sido obrigada a atuar no papel atual, mas que aceitou o convite pois Teresa e Estela "são um esclarecimento aos mais bloqueados de razão".

"A Globo não me colocou ali, não fui obrigada a ser a Teresa. Não sou uma escrava de ninguém. Estou fazendo o papel com todo meu empenho, adesão e entendimento humano da causa, que é a da pessoa que quer viver sua natureza sem disfarce. Essas personagens são um esclarecimento aos mais bloqueados de razão. É claro que aceitei o papel por isso", disse ela.

ComentáriosO que você achou?
TV e Celebridades
Últimas