Os "esquecidos" a indicação do Oscar 2020

Filmes e Atores ficaram de fora da lista de indicados do Oscar
Filmes e Atores ficaram de fora da lista de indicados do Oscar
PorBruna Pinheiro14/01/2020 21h54

Os brasileiros simpáticos ao documentário “Democracia em Vertigem” estão comemorando a presença do longa nas indicações ao Oscar 2020. Mas, se enganam se todos os que mereciam do ano de 2019 estão presentes na lista de indicados. Infelizmente, muitos atores, produtores e filmes foram simplesmente “esquecidos” pela Academia…

Infelizmente, produções e atores aclamadíssimos foram esnobados pelos organizadores da grande premiação da sétima arte. O ponto mais preocupante das ausências é a baixa representatividade no evento, com poucas diretoras, atores negros, latinos e asiáticos.

Petra Costa é uma das poucas diretoras presentes nesta ala altamente dominada por homens. Muitos ficaram atônitos com a ausência da diretora Greta Gerwig de "Adoráveis Mulheres". O filme “Parasita” é o ponto mais fora da curva de produções, com indicados sempre do eixo EUA-Reino Unido. Atrizes cotadas para ao menos a indicação e nem sequer nomeadas foram Jennifer Lopez, por sua atuação como a stripper Romana em “As Golpistas”, e Lupita Nyong’o, por sua protagonista no filme “Nós”. A única atriz negra concorrendo nas categorias de Melhores Atores (entre principais e coadjuvantes) é a britânica Cynthia Erivo, pelo filme “Harriet”.

Na seção de atores, chocam a ausência de Eddie Murphy, protagonista em “Meu nome é Dolemite”, Taron Egerton, que chegou inclusive a vencer o Globo de Ouro de Melhor Ator em Comédia ou Musical por “Rocketman”, além de Robert De Niro, que não acompanhou os colegas do filme “O Irlandês” nas indicações.

Atores ficaram de fora das nomeações do Oscar
Atores ficaram de fora das nomeações do Oscar
Atores ficaram de fora das nomeações do Oscar

O dono da bilheteria norte-americana “Frozen 2” ficou de fora entre os indicados a Melhor Animação, sendo que esteve presente nas premiações das últimas semanas. Na categoria Melhor Música, mais uma vez Beyoncé fica de fora do Oscar, lembrando que ela já foi esquecida outra vez, em 2007, pela música “Listen”.

Mesmo com tantas mudanças em Hollywood e a luta incessante de mulheres e atores negros e asiáticos por representação, parece que a Academia ainda não consegue abrir tanto espaço assim em todas as suas categorias, perdendo em diversidade e alcance.

0
0
0
Sobre o autorBruna Pinheiro
Internacionalista. Escrevo hoje sobre política, economia, filmes e séries. Adoro viajar e comer (não necessariamente nessa ordem). Segue lá @bpinheiro1