Repórter da Folha entrevista Lizzo e é detonado na web: "gordofóbico"

Cantora rebateu perguntas de Ivan Finnotti sobre padrões de beleza
Cantora rebateu perguntas de Ivan Finnotti sobre padrões de beleza
PorMarcos Henderson12/02/2020 14h34

A TV Folha publicou na última terça-feira (11) uma entrevista exclusiva com Lizzo, e chocou os internautas com perguntas consideradas irrelevantes e desrespeitosas pelos fãs da cantora, que minaram as redes sociais com críticas ao colunista Ivan Finnotti, responsável pela reportagem, onde a ganhadora de 3 estatuetas Grammy falou sobre a carreira, a relação com os fãs brasileiros e deu um show de simpatia durante todo bate-papo, apesar de ter que perder o tempo respondendo à desnecessária pergunta de Finnotti sobre a forma física da artista. 

"Como as pessoas reagiram inicialmente no Estados Unidos quando viram você e perceberam que você não segue todos os padrões convencionais de beleza?", disparou o repórter. Lizzo até esboçou um semblante de quem não estava entendendo o motivo da pergunta, mas com todo o carisma respondeu prontamente ao questionamento: "Bem, eu acho que todos eles pensaram: 'Uau, ela é tão bonita!' Você sabe, 'ela é perfeita'. E eu dizia: 'eu sei, né?'", seguido de uma gargalhada debochada.

"Quero dizer, o que é 'beleza convencional'? Eu ando pela sala, todos param e me olham, o que é mais bonito do que isso?", concluiu a estrela, ainda em relação à pergunta do repórter, que simplesmente não desistiu e insistiu no assunto, perguntando se o sucesso da cantora pode ser atribuído à diferença física "do que estamos acostumados a ver". Mais uma vez, ela mostrou total paciência, apesar do desrespeito em relação à sua música, reconhecida mundialmente, mas prolongou a resposta com uma verdadeira lição a Finnotti.

"Eu acho que sou bem-sucedida porque sou muito talentosa e trabalhei duro. Eu acho que o que você vê é definitivamente o que você tem. Eu penso que mulheres sempre vão ser criticadas por existirem em seus corpos, e eu não acho que seja diferente de qualquer outra mulher que veio antes de mim, elas tiveram que ser politizadas só por serem sexualizadas, entende o que eu falo? Existem coisas nelas que são bonitas ou chamadas de falhas e elas persistiram e lutaram contra isso, e agora eu sou capaz de fazer o que eu faço por causa dessas mulheres, e todas elas são completamente diferentes, elas não parecem a mesma coisa, e todas elas têm que lidar com o mesmo tipo de marginalização e misoginia. Então, o que isso te diz sobre os opressores? O que isso te diz sobre os homens? Se liga, nós não falamos sobre o tamanho dos seus pênis, falamos? E dizemos: 'esse não é um pênis convencional, é muito pequeno, nós ainda deixamos vocês livres para fazer o que diabos quiserem", foi o que disse Lizzo em resposta ao repórter, que só conseguiu reagir com uma risada, concordou com a entrevistada e seguiu para a próxima pergunta, robótico e aparentemente desconsertado. 

Assista à entrevista completa:

Com pouco mais de quatro mil visualizações, o vídeo publicado no canal da TV Folha, no YouTube, conta com 327 "curtidas", e 230 "descurtidas" até o fechamento desta matéria, com diversos comentários negativos em relação à escolha do repórter e à coragem da Folha em publicar a entrevista com perguntas tão ultrapassadas e até vergonhosas para um canal midiático de tal porte, além do uso de termos como "gordofóbico", "misógino" e "machista" para descrever Ivan Finnotti. 

Confira algumas das reações dos fãs de Lizzo no Twitter:

Comentários

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson