BMG confirma produção de documentário sobre Ronnie James Dio

'Dio, um herói do rock maior que a vida, cuja música significa muito para milhões de fãs em todo o mundo, não merece nada menos', disse a produtora executiva da BMG, Kathy Rivkin Daum.
'Dio, um herói do rock maior que a vida, cuja música significa muito para milhões de fãs em todo o mundo, não merece nada menos', disse a produtora executiva da BMG, Kathy Rivkin Daum.

Um documentário totalmente autorizado sobre o falecido Ronnie James Dio está em andamento, com produção da BMG, que abrangerá a carreira do lendário cantor de metal.

O documentário está sendo dirigido por Don Argot e Demian Fenton, que trabalhou anteriormente em "Last Days Here", filme sobre Bobby Leibling do Pentagram. O documentário "Dio" será o mais recente empreendimento cinematográfico relacionado à música da BMG, seguindo "David Crosby: Remember My Name" e o documentário de Joan Jett, "Bad Reputation".

"Estou muito empolgado por trabalhar com A BMG no tão aguardado documentario de Ronnie", disse Wendy, viúva de Dio, em entrevista. "Ronnie amava seus fãs e espero que eles aproveitem essa viagem pela vida de Ronnie".

Seguindo o tópico apresentado na autobiografia inacabada de Dio, o filme promete "raras imagens de arquivo e fotos de seus arquivos pessoais" e "cenas íntimas com os colegas, amigos e familiares mais próximos de Dio".

Ele abrangerá toda a sua carreira, desde suas origens como cantor pop dos anos 60 antes de sua participação como frontman das bandas Elf, Rainbow, Black Sabbath e, finalmente, seu próprio ilustre grupo de heavy metal, Dio.

"Dio, um herói do rock maior que a vida, cuja música significa muito para milhões de fãs em todo o mundo, não merece nada menos", disse a produtora executiva da BMG, Kathy Rivkin Daum. "A história por trás de sua paixão, ambição e altos e baixos do sucesso, nos mundos do rock e do metal, é algo que o público nunca viu antes e logo não esquecerá. Temos a honra de fazer parceria com Wendy nesta incrível jornada que celebra a vida e o trabalho de Ronnie".

Antes do lançamento final do documentário, a BMG reeditava os álbuns finais de estúdio de Dio entre 1996 e 2004, a maioria dos quais foi impressa em vinil e CD.

Leia também