Miley Cyrus: Em entrevista, cantora comemora seis meses de sobriedade

'O que eu mais amo é acordar 100%, 100% do tempo', disse ela.
'O que eu mais amo é acordar 100%, 100% do tempo', disse ela.
PorCarol Souza24/06/2020 10h10

A era da semi-nudez e festas imprudentes de Miley Cyrus aparentemente chegou ao fim. Em uma nova entrevista à Variety nesta semana, a artista pop revelou que está comemorando seis meses de sobriedade em junho - uma completa mudança em seu estilo de vida, que planeja manter.

Acontece que Cyrus decidiu ficar sóbria no outono passado como uma maneira de "aperfeiçoar seu ofício". Tudo começou em novembro, quando a interprete de "Younger Now" passou por uma cirurgia em suas cordas vocais.

O médico a proibiu de falar por pelo menos quatro semanas para ajudar no processo de cura e cicatrização, um processo que resultou em muita quietude e pensamento profundo, levando a sua decisão de se abster do álcool por enquanto.

"Eu revi muita história familiar, que tem muitos problemas de dependência e saúde mental", disse ela na entrevista. "Então, basta passar por isso e perguntar: 'Por que sou do jeito que sou?' Ao entender o passado, entendemos o presente e o futuro com muito mais clareza. Eu acho que a terapia é ótima... O que eu mais amo na [sobriedade] é acordar 100%, 100% do tempo. Não quero acordar grogue. Eu quero acordar me sentindo pronta".

Parece que Cyrus já está se afastando de sua década passada, ou pelo menos suas ações após o início deste ano indicam o mesmo.

Recentemente, Cyrus apresentou um cover de The Doors com o guitarrista Robby Krieger, fez sua própria versão de Pink Floyd para um episódio "At Home" do Saturday Night Live, se apresentou na transmissão ao vivo repleta de estrelas de Mark Ronson e finalmente decidiu o processo de direitos autorais de US $ 300 milhões sobre "We Can't Stop".

Em retrospectiva, a titulação de seu EP mais recente, "She Is Coming", foi mais um abraço empoderador de seu futuro do que um aviso ameaçador de seu retorno.

+Música

Comentários

Sobre o autorCarol Souza
Amante do cinema, dos livros e apaixonadíssima pelo bom e velho rock n'roll. Amo escrever e escrevo sobre o que amo. Ativista da causa feminista e bebedora de café profissional. Instagram: @barbooosa.carol