Esnobados do Emmy 2020: Viola Davis, Aaron Paul, Reese Witherspoon e mais produções

Algumas ausências geraram discussões fervorosas após o anúncio oficial da lista de indicados
Algumas ausências geraram discussões fervorosas após o anúncio oficial da lista de indicados
PorMarcos Henderson28/07/2020 17h26

As indicações ao Emmy 2020 geraram, como sempre, discordâncias e questionamentos sobre os métodos utilizados pela equipe avaliadora responsável pelo fechamento oficial da lista. O anos de 2019 contou com várias obras novas e continuações que garantiram o carinho e anseio do público.

Desta vez, grandes títulos foram recompensados com indicações, a exemplo de Ozark, Watchmen, The Marvelous Mrs. Maisel, entre vários outros, mas outros fatores, sobretudo no que diz respeito aos talentos individuais, viraram motivo de revolta nas redes sociais. Confira abaixo a lista dos "esnobados" do Emmy 2020:

  • Bob Odenkirk e Rhea Seehorn ("Better Call Saul")
Ótima atuação da dupla não foi o suficiente para garantir as indicações
Ótima atuação da dupla não foi o suficiente para garantir as indicações
Ótima atuação da dupla não foi o suficiente para garantir as indicações

A prequela de Breaking Bad ganhou uma indicação na categoria de melhor série dramática, mas ficou quase inteiramente de fora das categorias individuais, se não fosse pela nomeação de Giancarlo Esposito, que concorre ao prêmio de melhor ator coadjuvante.

Bob Odenkirk, que dá vida ao protagonista Jimmy McGill, conhecido como Saul Goodman, e Rhea Seehorn, que interpreta Kim Wexler, foram totalmente desprezados, justo após a temporada cujas respectivas atuações receberam o maior número de elogios de público e crítica especializada, somando-se, também, à ótima atuação de Jonathan Banks, o eterno Mike Ehrmantraut. 

  • Aaron Paul ("El Camino")
O intérprete de Jesse Pinkman ficou fora da lista de indicados
O intérprete de Jesse Pinkman ficou fora da lista de indicados
O intérprete de Jesse Pinkman ficou fora da lista de indicados

Aaron Paul tinha chances múltiplas de faturar ao menos uma indicação no 72º Emmy Awards, e mesmo para aqueles que não acreditavam em nomeações com base em sua participação em "Westworld" e "Truth Be Told", sua performance solo em "El Camino" foi, sem dúvidas, brilhante.

No longa, ele volta a interpretar o icônico Jesse Pinkman, de Breaking Bad, em uma luta desesperada para conseguir uma merecida redenção após viver os piores anos da sua vida graças à devastadora parceria que formou com Walter White (Bryan Cranston).

Se Aaron Paul não conseguiu a indicação, pelo menos El Camino garantiu uma, e concorre a melhor filme para a televisão, ao lado de “American Son”, “Bad education”, “Dolly Parton's Heartstrings: These Old Bones” e “Unbreakable Kimmy Schmidt: Kimmy vs. The Reverend”. 

  • Reese Witherspoon ("Little Fires Everywhere", "The Morning Show")
A atriz foi elogiadíssima por suas performances em três séries, mas ficou de fora da lista
A atriz foi elogiadíssima por suas performances em três séries, mas ficou de fora da lista
A atriz foi elogiadíssima por suas performances em três séries, mas ficou de fora da lista

Assim como Aaron Paul, Witherspoon teve uma chance tripla de garantir indicações, mas nem mesmo suas atuações elogiadíssimas em "Little Fires Everywhere", "Big Little Lies" e "The Morning Show" foram o suficiente para a equipe julgadora. Nas redes sociais, a revolta é generalizada, com milhares de internautas declarando repúdio à ausência da atriz nas categorias de melhor atriz. 

  • Elisabeth Moss ("The Handmaid's Tale")
Apesar das indicações de Samira Wiley e Bradley Whitford, Moss foi excluída
Apesar das indicações de Samira Wiley e Bradley Whitford, Moss foi excluída
Apesar das indicações de Samira Wiley e Bradley Whitford, Moss foi excluída

Muitos ficaram surpresos com a ausência de Elisabeth Moss na lista de indicações ao prêmio de melhor atriz em série dramática. Sua performance em The Handmaid's Tale continua impecável, mas talvez as numerosas possibilidades e até mesmo sua vitória anterior possam ter feito com que outros nomes ocupassem o lugar que poderia ser dela. Samira Wiley e Bradley Whitford, da mesma série, ganharam indicações nas categorias de melhor atriz coadjuvante e melhor ator coadjuvante, respectivamente. 

  • Viola Davis ("How to Get Away with Murder")
Davis ficou de fora da lista de indicações a Melhor Atriz
Davis ficou de fora da lista de indicações a Melhor Atriz
Davis ficou de fora da lista de indicações a Melhor Atriz

A sexta e última temporada de "How to Get Away with Murder" estreou no ano passado e muitos assumiram que Viola Davis tinha grandes chances de receber mais uma indicação como Annalize Keating. Sua ausência na lista oficial do Emmy 2020 gerou revolta entre os fãs da série e da atriz, com milhares de comentários nada satisfeitos nas redes sociais, com destaque para o Twitter, onde os internautas dizem que "o Emmy perdeu Viola Davis". 

  • Russell Crowe ("A voz mais alta")
Crowe não garantiu a nomeação a melhor ator, apesar das ótimas críticas
Crowe não garantiu a nomeação a melhor ator, apesar das ótimas críticas
Crowe não garantiu a nomeação a melhor ator, apesar das ótimas críticas

O vencedor do Globo de Ouro ficou completamente irreconhecível ao interpretar Roger Ailes na série limitada "A Voz Mais Alta", do Showtime. O ator garantiu inúmeros elogios pela atuação, mas não convenceu a equipe responsável pela escolha final da lista de indicados.

  • Kaitlyn Dever e Merritt Wever ("Inacreditável")
As atrizes tinham gerado expectativa após grande performances na série
As atrizes tinham gerado expectativa após grande performances na série
As atrizes tinham gerado expectativa após grande performances na série

Embora a série da Netflix tenha recebido uma indicação, Kaitlyn Dever e Merritt Wever, não. Eles podem ter se cancelado, porque Toni Collette conseguiu um nom em apoio. A trama de "Inacreditável" rendeu atuações incrivelmente emocionais e de qualidade altíssima, mas, para o Emmy, parece que não vale as indicações. 

  • "Pose"
'Pose' não concorre a Melhor Série, mas Billy Porter garantiu indicação a Melhor Ator
'Pose' não concorre a Melhor Série, mas Billy Porter garantiu indicação a Melhor Ator
'Pose' não concorre a Melhor Série, mas Billy Porter garantiu indicação a Melhor Ator

Apesar da indicação do ator principal, Billy Porter, a série que aborda a cultura de salão não garantiu sua segunda indicação consecutiva na categoria de Melhor Série este ano. Ao que parece, a exibição da segunda temporada no ano passado prejudicou a visibilidade da atração com os votantes do Emmy, principalmente porque a terceira temporada, que estava prevista para estrear no início do verão, precisou ser adiada devido à pandemia da Covid-19. Trata-se de uma grande obra que poderia ter entrado para a lista oficial, mas acabou ficando de fora. 

+Premiação

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson