Diário 24 Horas

Liv Tyler revela diagnóstico de Covid-19 e celebra reencontro com os filhos

A atriz foi diagnosticada no fim de 2020 e somente agora está de volta à sua família.
A atriz foi diagnosticada no fim de 2020 e somente agora está de volta à sua família.
PorBruna Pinheiro

A atriz Liv Tyler revelou em suas redes sociais que foi diagnosticada com Covid-19 no último dia 19 de dezembro e estava em isolamento social desde então, retornando somente neste fim de semana para casa com seus filhos. Liv, de 43 anos, revelou que ficou chocada ao saber de seu diagnóstico, já que acreditava estar seguindo todos os protocolos de segurança para evitar a doença.

Em sua publicação, a atriz está abraçada aos filhos mais novos Sailor Gene, de cinco anos, e Lula Rose, de quatro, e fez um longo desabafo de como se sentiu ao saber que foi infectada. "Reunida com meus amores. Que duas semanas malucas! Eu geralmente sou uma pessoa privada, tímida e não compartilho esse tipo de coisa, mas essa é grande e acho que precisamos dividir nossas histórias, nossas informações, para termos mais fatos, mais consciência e, principalmente, para sabermos que não estamos sozinhos nessa", começou a atriz.

"Eu testei positivo para Covid-19 na véspera do Ano-Novo. Droga, eu passei 2020 todo mantendo a mim e a minha família em segurança. Fazendo tudo que podia para proteger meu bando e seguindo as regras para proteger os outros. E, de repente, no último dia de 2020... Bum, a doença me derrubou. Chegou rápido, como uma locomotiva", explicou Liv.

Um dos maiores medo da atriz, narrado por ela em sua publicação, era a possibilidade de ter infectado outras pessoas queridas. "É assustador! Por sorte, o resto da minha família testou negativo. Tem os aspectos físicos, mas os emocionais e psicológicos também. A doença ferra seu corpo e sua mente igualmente. Cada dia é diferente. Ficar isolada no quarto durante dez dias é uma viagem, para dizer o mínimo.", completou.

A filha do roqueiro Steven Tyler contou também como foi bom ter a família por perto, apesar do isolamento: "Eu senti falta dos meus bebês, mas eles visitavam minha janela e me chamavam para eu vê-los jogar no quintal. Que presente! Mandaram mensagens e passavam seus desenhos por baixo da porta. Um lembrete de tudo o que estava do outro lado. Ter algo te motivando para melhorar".

Como se isolar-se não bastasse, Tyler também falou sobre a angústia dos ataques violentos no Capitólio dos EUA, observando que “os primeiros dias de 2021 foram assustadores para todo mundo”. Agora, capaz de passar mais tempo com sua família e suas filhas, a estrela da série 9-1-1 disse que se sente conectada com seus entes queridos por meio de sua luta contra o vírus.

+Celebridades

Sobre o autorBruna Pinheiro
Internacionalista. Escrevo hoje sobre política, economia, filmes e séries. Adoro viajar e comer (não necessariamente nessa ordem). Segue lá @bpinheiro1