The X Factor, de Simon Cowell, é cancelado após 17 anos

A continuação do X Factor não está mais nos planos de Cowell, que irá estrear a série 'Walk The Line' no final do ano
A continuação do X Factor não está mais nos planos de Cowell, que irá estrear a série 'Walk The Line' no final do ano
Marcos Henderson
PorMarcos Henderson

O famoso reality show de talentos "The X Factor", criado em 2004 por Simon Cowell, foi cancelado após 17 anos, encerrando uma jornada de sucesso no Reino Unido que gerou outras adaptações ao redor do mundo. 

Além de garantir audiência alta por vários anos, o programa lançou globalmente grupos como Little Mix e One Direction em seus primeiros anos, mas perdeu parte de sua relevância em meio ao surgimento de inúmeras atrações concorrentes que apostavam em novos formatos para a TV e, mais recentemente, o streaming. 

O fim do The X Factor chega durante a preparação de Cowell para lançar uma nova série, intitulada "Walk The Line", descrita como um game show musical dividido em seis partes, com estreia programada para o final de 2021 na ITV. Em entrevista ao The Sun, um "insider" do X Factor, que ainda é produzido em nove países fora do Reino Unido, afirmou que o programa ainda é um fenômeno e arrecada milhões de dólares por ano, mas se tornou obsoleto ao público britânico. 

“Simon continua no topo do seu jogo e sabe como acertar. Ele detém os direitos do programa e é decisão dele - não da ITV - desistir ou não. Claramente, a última coisa que ele quer é que o X Factor fracasse e se torne uma piada", diz a fonte não identificada, que ainda aposta em um retorno do reality em 2023, dependendo da repercussão de "Walk The Line".

A edição final do formato original do X Factor foi ao ar em 2018, marcando 15 anos consecutivos no ar. As séries spin-off "The X Factor: Celebrity" e "The X Factor: Band" foram ao ar em 2019, antes o hiato da franquia em 2020, devido à pandemia de Covid-19.

Comentários

O que você achou?
0GosteiGostei
0HahaHaha
0TristeTriste
0DetesteiDetestei
0AmeiAmei
0AffAff