Morre aos 103 anos, Kirk Douglas, astro da Era de Ouro de Hollywood

Kirk Douglas era considerado uma lenda viva.
Kirk Douglas era considerado uma lenda viva.
PorKelly Lima06/02/2020 00h50

Ontem, 05, o céu ganhou mais uma estrela para embelezar nossas noites. Kirk Douglas, o último grande astro da Era de Ouro de Hollywood faleceu. O ator possuía uma carreira invejável, com várias obras de peso no currículo. Morreu aos 103 anos, viveu para se tornar  uma lenda cinematográfica e deixar um grande legado. A informação foi confirmada pela família, que se encontra abatida com a perda. Michael Douglas, filho do artista e também ator, postou em uma rede social nota e prestou uma breve homenagem.

“É com tremenda tristeza que meus irmãos e eu anunciamos que Kirk Douglas  nos deixou hoje na idade 103 anos. Para o mundo ele era uma lenda, um ator da era de ouro dos filmes que viveu bem em seus anos dourados, um humanitário cujo compromisso com a justiça e as causas que ele acreditava estabeleceram um padrão para todos nós aspirarmos”, começou Michael. “Mas para mim, meus irmãos Joel e Peter, ele foi um simples pai, para Catherine, um maravilhoso sogro, para seus netos e bisneto o seu avô amoroso, e sua para esposa Anne, um maravilhoso marido”, afirmou o ator.

“A vida de Kirk foi bem vivida, e ele deixou um legado em filmes que irão perdurar por gerações que estão por vir, e a história de um renomado filantropo que trabalhou para ajudar o público e trazer paz ao planeta”, escreveu exaltando a carreira do pai. “Deixe-me terminar com as palavras que falei para ele no seu último aniversário e que sempre permanecerão verdadeiras. Pai - Eu te amo muito e eu sou muito orgulhoso de ser seu filho”, concluiu emotivamente. 

A homenagem de Michael ao pai deixou muita gente emocionada no Instagram.
A homenagem de Michael ao pai deixou muita gente emocionada no Instagram.
A homenagem de Michael ao pai deixou muita gente emocionada no Instagram.

Kirk Douglas interp0retou vários papéis no cinema. Estrelou clássicos inesquecíveis como “A Montanha dos Sete Abutres”, “Glória Feita de Sangue” e o famigerado “Spartacus”, papel inesquecível na pele do gladiador. O astro chegou a ser indicado três vezes ao Oscar, maior e mais renomada premiação cinematográfica do mundo, mas nunca chegou a ser contemplado com uma estatueta, a não ser por uma “Honorária”, em 1996, por todo o conjunto do seu trabalho.

Veja a postagem original feira por Michael Douglas:

Comentários

Sobre o autorKelly Lima
Web designer por curiosidade, Desenhista por amor, Gestora de RH por teimosia, acadêmica de Geografia por sorte e redatora nas horas vagas. Twiiter: Kelly Nivelly (@KNivelly)