Donald Trump detona vitória de "Parasita" no Oscar 2020: "que diabos foi isso?"

Presidente desviou assunto sobre relações internacionais ao falar sobre o filme de Bong Joon-ho
Presidente desviou assunto sobre relações internacionais ao falar sobre o filme de Bong Joon-ho

"Parasita" foi a produção com maior destaque no Oscar 2020, garantindo quatro estatuetas, de Melhor Filme, Melhor Filme Internacional, Melhor Direção e Melhor Roteiro Original, mas para Donald Trump, a vitória histórica não passou de uma piada, segundo discurso realizado em um comício, nos Estados Unidos, onde ele, teoricamente, falaria sobre relações internacionais. Com tom de deboche, o presidente norte-americano desviou o assunto ao citar a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de forma negativa. “Aliás, o quão ruim foi a cerimonia da Academia este ano?”, iniciou o presidente, arrancando alguns xiados tímidos da multidão. 

Em seguida, ele ironizou a vitória do filme estrangeiro na categoria principal da cerimônia. "E o Oscar vai para... Um filme da Coréia do Sul. O que diabos foi isso tudo?", disparou o presidente, arrancando algumas gargalhadas e garantindo o apoio das pessoas presentes no local, o que lhe deu mais força para dar continuidade às críticas. "Nós já temos problemas o bastante com a Coréia do Sul no comércio e agora nós os premiamos como melhor filme do ano? É bom? Eu não vi. Podemos ter 'Gone With The Wind' de volta, por favor?”, finalizou o bilionário, sob aplausos e gritos eufóricos, enquanto desmerecia a vitória histórica de "Parasita", clamando pelo retorno de um filme lançado no início da Segunda Guerra Mundial. 

Leia mais: Lista completa de vencedores do Oscar 2020

Em resposta, a Distribuidora Internacional de Parasita, a "Neon", utilizou o Twitter para demonstrar que não está ligando muito para as frases do presidente dos Estados Unidos. "Compreensível, ele não sabe ler", resumiu o post, que ganhou rapidamente um alto número de compartilhamentos, e segue gerando retorno na plataforma, sobretudo pela grande quantidade de pessoas que defendem firmemente o longa-metragem dirigido por Bong Joon-ho, que nesta semana revelou ter recebido uma carta direta de Martin Scorsese, com elogios ao seu trabalho e expectativas de novos lançamentos. Vale lembrar que "Parasita" teve o menor orçamento entre os concorrentes a Melhor Filme, chegando a ser 10 vezes mais barato que os favoritos. 

Leia também