Gamers Club e Dell anunciam GC Masters feminina, com R$ 60 mil em prêmios

Campeonato de CS:GO considerado o 'major brasileiro' lança versão exclusiva para as mulheres
Campeonato de CS:GO considerado o 'major brasileiro' lança versão exclusiva para as mulheres

Nesta terça-feira (10), a Gamers Club divulgou, em parceria com a Dell, a primeira GC Masters feminina, e utilizou a hashtag "#JogueComoUmaMulher" para incentivar jogatinas com respeito às mulheres, além de divulgar um vídeo com relatos de jogadoras relevantes no cenário nacional sobre a difícil rotina em meio a um mundo repleto de homens, ainda dominados, em grande parte, pelo preconceito. "A primeira #GCMastersFeminina é um marco na nossa relação com esports. Quer saber por que criamos um campeonato de CS:GO feito pra elas? As players podem responder melhor do que ninguém", disse o anúncio da Dell, divulgado logo após o meio dia, conforme prometido em publicação anterior. 

Entretanto, é preciso ficar atenta para não perder a possibilidade de garantir vaga no campeonato. Segundo a Gamers Club, é preciso participar da Liga Feminina de março, com inscrições válidas até a próxima quarta-feira (11), para, então, disputar a vaga no "major brasileiro", que incluirá as campeãs e vice-campeãs das ligas de março e abril e ainda passará por Open Qualify e Closed Qualify em maio. A GC Masters será em junho. 

No Twitter, diversas pessoas comentam o anúncio e, apesar das comemorações, ainda é possível encontrar diversos posts agressivos de jogadores que parecem não aceitar a presença de mulheres no mundo dos jogos e encaram a iniciativa como um retrocesso, em frases que sequer podem ser chamadas de argumentos. "Jogue uma louça na pia", "nunca jogarei com uma mulher" e outros comentários sem qualquer tipo de nexo aparecem na plataforma, mas nem de longe tiram o brilho da competição feminina. 

Leia também