Mr. Bungle está regravando sua fita demo de 1986 com Dave Lombardo e Scott Ian

'The Raging Wrath of the Easter Bunny', com sua nova versão será lançada neste outono
'The Raging Wrath of the Easter Bunny', com sua nova versão será lançada neste outono

Depois de provocar os fãs dizendo que já estavam em estúdio, o Mr. Bungle anunciou oficialmente que está regravando sua demo de 1986, "The Raging Wrath of the Easter Bunny", com sua nova versão será lançada neste outono.

"Vocês sabiam o tempo todo, droga", brincou a banda no Twitter. As sessões apresentam a formação dos membros originais Mike Patton, Trey Spruance e Trevor Dunn, com o guitarrista do Anthrax, Scott Ian, e o ex-baterista do Slayer, Dave Lombardo.

Isso é muito agradável para aqueles que pegaram Mr. Bungle em sua turnê de reunião - onde eles apresentaram a demo na íntegra, juntamente com covers de clássicos do trash e hardcore.

Quase um mês depois, o Sr. Bungle está acompanhando adequadamente o setlist do show de reencontro, que inclui três músicas não gravadas escritas durante os anos de formação da banda em Eureka, Califórnia.

"A música de "The Raging Wrath", que escrevemos quando tínhamos 15 e 17 anos, continuou sendo relevante para nós", disse o guitarrista Trey Spruance ao Revolver. "Mas a demo original nunca foi totalmente realizada. Era uma gravação de fita de quatro faixas DIY totalmente produzida por nossas mentes ingênuas e errantes enquanto ainda aprendíamos a tocar nossos instrumentos e a entender as composições em seu nível mais básico. Sem mencionar que tenho certeza de que todos éramos virgens na época - adolescentes entediados e tensos, com apenas um número limitado de opções [para] onde direcionar nossa energia em uma cidade isolada e empobrecida"

A demo original do "Easter Bunny" é o tipo de mistura lo-fi encantadora, que só pode ser feita por músicos adolescentes. Dunn chama a qualidade das gravações de "tão ruim que você não consegue ouvir nada" - apenas parcialmente verdade.

Além do som lo-fi, as músicas são hardcore e thrash do clássico, o que foi suficiente para Dunn, Patton e Spruance revisitarem as origens do projeto. De fato, Lombardo realmente fez algumas demos antes mesmo da turnê de reunião.

"Fiz um monte de novas demos das antigas com modelos de bateria", explicou Spruance. "Eu os mapeei para os originais, para que pareçam o mesmo em termos de tempo e apenas coloquei 'O que Lombardo faria?' de partes de bateria nele. Então Lombardo ouviu e fez sua própria demonstração. Então Patton e Trevor ficaram sabendo disso, e todo mundo ficou super empolgado. Mas acho que Mike não queria ser o único a pressionar, então realmente tenho que dar crédito a Lombardo por ser como: 'Vamos fazer isso'".

Então Ian se juntou, transformando a formação em um supergrupo completo e adicionando ainda mais experiência de thrash metal ao repertório sônico da banda.

"Caramba - as músicas parecem ótimas!" Ian disse sobre as novas gravações. "Todo dia no estúdio é como a manhã de Natal para mim - a cada música terminamos outro presente. Não sei se estou mais empolgado com esse disco como fã do Mr. Bungle ou como membro do Mr. Bungle. De qualquer maneira, mal posso esperar para o mundo ouvir isso".

De acordo com com informações, o álbum será lançado no outono americano pela Ipecac Recordings.

Comentários

Leia também