Evangeline Lilly pede desculpas por comentários "desdenhosos e arrogantes" sobre coronavírus

A estrela de 'Lost' e 'Homem-Formiga e a Vespa' anteriormente se recusou a se auto-colocar em quarentena
A estrela de 'Lost' e 'Homem-Formiga e a Vespa' anteriormente se recusou a se auto-colocar em quarentena

Evangeline Lilly provocou polêmica na semana passada depois de se recusar a entrar em quarentena voluntário com seus filhos por causa do coronavírus, apesar de estar morando em uma casa com pessoas imunocomprometidas. Na época, ela argumentou que "algumas pessoas valorizam a liberdade sobre suas vidas".

Agora, após uma imensa reação na web e na imprensa ao todo, a atriz de "Lost" e "Homem-Formiga e a Vespa" disse ter se arrependido destes comentários com um longo pedido de desculpas.

"Quero oferecer minhas sinceras desculpas pela insensibilidade que mostrei em meu post anterior ao sofrimento e medo muito reais que dominaram o mundo através do COVID19", escreveu Lilly no Instagram na quinta-feira (26). "Avós, pais, filhos, irmãs e irmãos estão morrendo, o mundo está se unindo para encontrar uma maneira de acabar com essa ameaça real, e meu silêncio subsequente enviou uma mensagem desdenhosa, arrogante e crítica".

Tendo tido tempo para refletir, Lilly admitiu que seus comentários originais sobre coronavírus tinham um fundo de medo. "Quando escrevi esse post há 10 dias, pensei que estava colocando calma na histeria", disse. "Agora percebo que estava projetando meus próprios medos em uma situação já assustadora e traumática".

Enquanto Lilly certa vez descreveu seu comportamento sem quarentena como "negócios como sempre", parece que a atriz agora está levando o auto-isolamento muito a sério.

"SAIBA QUE FAÇO A MINHA PARTE PARA DIMINUIR A CURVA, PRATICANDO A DISTÂNCIA SOCIAL E FICANDO EM CASA COM MINHA FAMÍLIA", fez questão de enfatizar, observando que está em quarentena desde 18 de março, quando as autoridades locais impuseram diretrizes mais estritas sobre permanecer dentro de casa.

A atriz canadense de 40 anos disse que também está tentando ajudar sua comunidade, especialmente as mais atingidas pelo surto. "Estou preocupada com nossas comunidades - pequenas empresas e famílias que vivem de salário em salário - e estou tentando seguir recomendações responsáveis ​​sobre como ajudar".

“Como muitos de vocês, temo pelas consequências políticas dessa pandemia e estou orando por todos nós. Ao mesmo tempo, estou animada com a beleza e a humanidade que vejo tantas pessoas demonstrando umas às outras neste período vulnerável".

As desculpas de Lilly não poderiam ter chegado em um momento melhor. Na quinta-feira (26), foi declarado que os EUA agora têm o maior número de casos de coronavírus mais confirmados - superando os números na China e na Itália. Segundo o New York Times, sabe-se que pelo menos 80.000 americanos foram infectados.

Um dos ex-colegas de Lilly de "Lost", Daniel Dae Kim, recentemente testou positivo para o vírus, assim como os colegas da indústria do entretenimento Idris Elba, Tom Hanks e sua esposa Rita Wilson, e Kristofer Hivju de "Game of Thrones".

Comentários

Evangeline Lilly

Mais Cinema