Vídeo irônico de Fernando Caruso volta à tona entre Bolsonaristas: "Esse sujeito precisa ser preso"

Humorista voltou a aparecer entre os assuntos do momento e sofre novas ameaças
Humorista voltou a aparecer entre os assuntos do momento e sofre novas ameaças
PorMarcos Henderson31/03/2020 13h54

Na quarta-feira (25) da semana passada, Fernando Caruso gerou polêmica ao ironizar as brigas compradas pela classe empresarial diante da pandemia do novo coronavírus. Na ocasião, o ator lembrou das falas compactuadas entre magnatas como o dono da Havan, Luciano Hang e o dono do Madero, Junior Durski, que minimizaram o Covid-19 e apoiaram o presidente Jair Bolsonaro ao tentarem comover o público com seus desesperos em relação à economia

Caruso, então, sugeriu que, ao invés de deixar "5 ou 7 mil" morrerem, como havia sugerido Durski em vídeo compartilhado nas redes sociais, era melhor selecionar 20 empresários "super ricos". "A gente mata só esses 20, pega a fortuna deles e redistribui pra galera de mais baixa renda", explicou o humorista, em ironiza óbvia relacionando a minimização das mortes por coronavírus disparadas pela classe empresarial em prol do não-fechamento de seus comércios próprios, com sua estratégia fictícia. 

Não foi assim que bolsonaristas interpretaram, e continua assim, quase uma semana depois. No Twitter, o nome do ator voltou a aparecer entre os assuntos do momento nesta terça-feira (31) pelo mesmo motivo, e entre os comentários, diversas pessoas acusam Caruso de fazer apologia ao crime, pedem sua prisão, ameaçam entrar com recurso no Ministério Público, entre outros ataques. Confira:

+Fernando Caruso

Comentários

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson