Henrique Fogaça, do MasterChef, fecha restaurante e demite 200 funcionários

Segundo o chef, o restaurante já contabilizava meio milhão em prejuízo
Segundo o chef, o restaurante já contabilizava meio milhão em prejuízo
Kelly Lima
PorKelly Lima

Em entrevista ao apresentador Datena, no Youtube, o chef de cozinha Henrique Fogaça, revelou que por conta da pandemia se viu obrigado a fechar um de seus restaurantes e demitir 200 funcionários. O estabelecimento estava localizado em um shopping center, na cidade do Rio de Janeiro. Segundo ele, a situação não estava nada fácil e segurou o máximo que pôde para evitar esse triste desfecho.

De acordo com Fogaça, os gastos com o shopping eram demais e estava inviável permanecer com o negócio, que já estava apresentando prejuízos. “Um mês você segura; dois meses você vai pro buraco”, comentou durante a entrevista. “Só nesses quatro meses, estamos com meio milhão de prejuízo. É complicado; o shopping é tipo um sócio seu, participa com 8% de faturamento do grupo, tem que pagar ajuda de fundo, etc. Shopping explora e suga tudo”, desabafou. 

Prejuízos a parte, Fogaça deve retornar em breve para as gravações do MasterChef Brasil. A Rede Band anunciou que retomou a produção do programa culinário e que as gravações iniciariam na segunda metade de junho, independente da pandemia. Contudo, a emissora tomaria várias medidas de segurança e higiene, respeitando as instruções da OMS.

Para que isso seja viável, algumas alterações serão feitas na dinâmica da atração, incluindo restrição de número de competidores por episódio, controle de quem entra e sai no estúdio, higienização rígida dos objetos utilizados no programa e fim de provas externas em equipe. Fogaça permanece como jurado ao lado de Paola Carosella e Érick Jacquin.

Assista a entrevista:

Comentários

O que você achou?
0GosteiGostei
0HahaHaha
0TristeTriste
0DetesteiDetestei
0AmeiAmei
0AffAff