Grammy 2021: Lista das principais apostas para Álbum do Ano

Álbuns de vários estilos entram nas listas das principais apostas para a premiação do ano que vem
Álbuns de vários estilos entram nas listas das principais apostas para a premiação do ano que vem
PorMarcos Henderson07/07/2020 13h51

Grandes álbum foram lançados desde a metade de 2019 até agora, e não há dúvidas de que a escolha dos indicados para Álbum do Ano será uma tarefa árdua para o Grammy 2021. Selena Gomez, BTS, Post Malone, Dua Lipa, Harry Styles, Lady Gaga e várias outras grandes estrelas internacionais entregaram ao público suas novas coletâneas de inéditas, mas alguns aparecem com maior destaque nas listas de apostas e previsões dos portais especializados em música e que já conhecem os parâmetros utilizados pelos avaliadores da premiação.

O Grammy é um prêmio concedido a artistas que alcançam excelência no campo e é realizado anualmente e apresentado pela Recording Academy, formada por um painel de críticos e especialistas no campo. Este prêmio é um dos quatro principais prêmios de entretenimento nos Estados Unidos, ao lado do Oscar (para filmes), do Tony Awards (para teatro) e do Emmy (televisão), todos os quatro combinados são comumente conhecidos como E.G.O.T.

Confira abaixo a lista das principais apostas para vencer a categoria Álbum do Ano no Grammy 2021:

  • Harry Styles, "Fine Line"

O segundo álbum de estúdio de Styles foi lançado em dezembro de 2019 e continua rendendo engajamento máximo para o artista, que lançou o clipe de Watermelon Sugar há um mês e já ostenta mais de 50 milhões de visualizações no YouTube.

  • BTS, "Map of the Soul: 7"

Este é o quarto álbum de estúdio do grupo de K-Pop. Graças à legião de fãs, os sul-coreanos obtiveram, a cada novo lançamento, um destaque maior para os olhares ocidentais e podem, desta vez, garantir um lugar mais alto na premiação, aparecendo no topo da enquete da Billboard sobre quem será o grande vencedor da categoria Álbum do Ano, com 69.87% dos votos do público.

  • Dua Lipa, "Future Nostalgia"

Lançado em março de 2020, o segundo álbum de estúdio da cantora é, sem dúvidas, uma das principais apostas da próxima edição do Grammy. Como o título já diz, o clima de nostalgia se une aos ritmos das novas estações com performances impecáveis da artista inglesa. 

  • The Weeknd, "After Hours"

O quarto álbum de estúdio do cantor canadense é uma obra que ecoará por muito tempo. Profundo e cheio de climas nostálgicos, assim como a proposta apresentada por Dua Lipa, o disco lançado em 20 de março relança The Weeknd ao topo dos estrelatos e reforça suas amplas qualidades dentro do cenário Pop.

  • Fiona Apple, "Fetch the Bolt Cutters"

O novo álbum de Apple recebeu uma chuva de críticas positivas ao redor do mundo e continua sendo apontado como uma das obras mais incríveis já lançadas nos últimos anos. O disco aparece com a pontuação quase perfeita de 98 no Metacritic e tem excelentes chances de garantir indicações às principais categorias do Grammy, além de ser apontado como forte candidato a Álbum do Ano.

  • Lady Gaga, "Chromatica"

O resgate à Dance Music evidenciado nas 16 faixas originais de Chromatica trazem a artista de volta ao clima agitado das pistas de dança e reforça sua potência vocal com a raiz da música pop contemporânea. O álbum estreou em primeiro lugar na Billboard 200. 

  • Selena Gomez, "Rare"

O terceiro álbum de estúdio de Selena Gomez também aparece entre as apostas de especialistas. Cinco anos após seu último lançamento, a nova obra da artista apresenta reflexões pessoais da cantora em um retorno triunfante à indústria. 

  • Post Malone, "Hollywood's Bleeding"

O terceiro álbum de estúdio do cantor e rapper norte-americano apresenta novas empreitadas do astro, que convocou uma série de participações especiais, incluindo DaBaby, Halsey, Ozzy Osbourne, Travis Scott, Swae Lee, Future e Young Thug. 

+Premiação

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson