Banksy tem rosto exibido pela primeira vez durante intervenção em Londres

Intervenção no metrô teve pandemia de Covid-19 como tema, porém já foi apagada por funcionários da limpeza
Intervenção no metrô teve pandemia de Covid-19 como tema, porém já foi apagada por funcionários da limpeza
PorCarol Souza15/07/2020 18h55

De surpresa, como sempre, o artista urbano Banksy fez uma intervenção no início desta semana em um vagão de metrô em Londres usando como tema a pandemia mundial da Covid-19. A obra, que trás ratos desenhados com e sem máscaras, com alguns deles espirrando, infelizmente para quem gostaria de admirá-la, foi apagada horas depois por funcionários da empresa de limpeza.

Banksy aparece com um uniforme como se fosse um dos funcionários do metrô, e em vídeo divulgado em seu próprio Instagram, tem seu rosto exibido pela primeira vez!

O artista é conhecido não somente por suas obras, mas também por sua reclusão e intervenções anônimas, com sua identidade nunca tendo sido de fato revelada. Confira abaixo:

O uso da simbologia dos ratos é algo recorrente na arte de Banksy, já tendo sido inclusive usada em outros momentos em obras também tratando da pandemia. "If you don't mask - you don't get" ("Se você não se mascarar, você não entende", em tradução livre), foi o nome dado a esta intervenção, que ainda tem a frase "I get lockdown, but I get up again" ("Eu fiz lockdown, mas levantei novamente") exibida ao final do vídeo.

A intervenção ocorre poucos dias após o governo britânico fazer o anúncio de que, a partir de 24 de julho, passa a ser obrigatório usar máscara dentro do transporte público - com o risco de multa aos descumpridores da obrigatoriedade.

Conforme informações da BBC britânica, a limpeza do vagão foi feita pelos funcionários "de maneira inconsciente", antes mesmo de Banksy divulgar o vídeo onde comprova a autoria dos desenhos e, diante deste fato, o artista foi convidado pela própria administração do metrô a recriá-los em um outro espaço, onde podem ser mantidos permanentemente.

+Celebridades

Sobre o autorCarol Souza
Amante do cinema, dos livros e apaixonadíssima pelo bom e velho rock n'roll. Amo escrever e escrevo sobre o que amo. Ativista da causa feminista e bebedora de café profissional. Instagram: @barbooosa.carol