Paulo Henrique vence o 4º episódio do MasterChef 2020 com terrine de salmão

Episódio desta terça-feira, 4 de agosto, teve prova de massas e um desafio final com salmão
Episódio desta terça-feira, 4 de agosto, teve prova de massas e um desafio final com salmão
PorMarcos Henderson05/08/2020 01h02

Brisée, Sucrée ou Sablée. Qual você escolheria? Talvez nem com a opção de escolha, os participantes do quarto episódio da temporada especial de MasterChef escapassem do clima aterrorizante da primeira prova nesta terça-feira (4), que distribuiu as três opções de massas base da confeitaria francesa através de sorteio.

Apesar do início cheio de erros de percurso, parte dos oito competidores voltou para o jogo e conseguiu entregar ótimas tortas, e desta vez, Paola Carosella, Henrique Fogaça e Érick Jacquin tiveram a sorte de iniciar a degustação com uma abertura de paladar à altura do nome da competição, com a torta de bacalhau de Marcely, que mesmo deixando escapar uma espinha no prato de Carosella, impressionou os jurados pelo sabor, ganhador do título de melhor prato da primeira rodada.  

Durante toda a primeira prova, algumas pessoas se estressaram, outras pediram ajuda, mas Paulo, que fez uma torta de limão perfeita, se manteve focado o tempo inteiro e se comunicou apenas quando suas falas contratuais eram exigidas. Renato, que serviu sua torta de champignon logo depois de Marcely, também agradou o suficiente para garantir vaga na segunda fase do episódio. Por fim, a torta de palmito de Ana Paula fechou o time de elite que se enfrentaria bravamente na segunda prova: salmão. 

Ana Paula, Paulo, Marcely e Renato avançam para a segunda fase do episódio
Ana Paula, Paulo, Marcely e Renato avançam para a segunda fase do episódio
Ana Paula, Paulo, Marcely e Renato avançam para a segunda fase do episódio

Graças à demonstração de foco, Paulo foi automaticamente desafiado por Marcely com seu poder de escolher com quais partes do salmão, fatiado em quatro pedaços, da cabeça à calda, por Fogaça. O estudante de 23 anos recebeu, de “presente”, a cabeça, mas isso não o abalou. 

Degustação final: Ana Paula é a primeira a servir três pratos de filé de salmão, com certa carga de frustração pela desistência no meio do caminho, sobretudo quando percebeu que seu molho estava ácido demais, optando por mudar o plano no meio do caminho. Sem grandes impressões do chefe. Depois, Renato conversou, brincou sobre ficar tonto ao ver sangue escorrendo do salmão, mas pouco mostrou com seu prato, uma posta de salmão com a pele virada para baixo, um pesto salgado demais, segundo Carosella, e um vinagrete de frutas, que apesar de ter impressionado pelo equilíbrio entre acidez e doçura, não superava o que vinha a seguir.

Marcely não repetiu o brilhantismo da primeira prova, apesar de ter escolhido a peça mais nobre do salmão. Chorando, ela mesmo reconheceu que perdeu o rumo na competição ao desequilibrar sua receita devido ao nervosismo e à dominância das emoções no decorrer do desafio final. Por fim, Paulo apresentou o resultado do “presente” de Marcely: uma terrine feita com as aparas do salmão e um caldo preparado a partir da cabeça. Apesar de ousado e certamente determinado a alcançar o máximo nível gastronômico, o participante mais jovem do episódio cometeu alguns erros e não conseguiu atingir o nível que gostaria. Mesmo assim, Carosella e Jacquin o elogiaram, enquanto Fogaça dividiu a própria opinião entre a crítica ao sabor final do prato e o respeito pela confiança. 

Após decisão do trio de jurados, Paulo foi consagrado o grande vencedor do quarto episódio do MasterChef 2020, que entrega um troféu por semana nesta temporada. 

+MasterChef

Comentários

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson