Metallica revela novo lote de uísque feito com ondas sonoras do show "S&M2"

Os barris foram 'golpeados com as baixas frequências hertz da música do Metallica'
Os barris foram 'golpeados com as baixas frequências hertz da música do Metallica'
PorCarol Souza14/10/2020 16h26

O Metallica revelou nesta semana a produção de um novo lote de seu uísque Blackened, criado usando ondas sonoras do "S&M2", shows de 2019 gravados em conjunto com a Sinfônica de São Francisco. 

De acordo com informações, o lote 106 envelheceu por mais de oito anos antes de ser finalizado em barris que receberam uma lista de reprodução de 17 canções do álbum ao vivo "S&M2" do Metallica - um processo chamado "Black Noise sonic-enhancement."

O whisky Blackened do Metallica é resultado de uma colaboração entre a banda e o falecido mestre destilador Dave Pickerell, que começou em 2018. O lote original também utilizou ondas sonoras do catálogo de música do Metallica. O uísque é processado na Sweet Amber Distillery Co., que também processou o lote 106 sob os cuidados do mestre destilador/mistrurador Rob Dietrich.

"As apresentações no 'S&M2' foram um desafio para nós", disse o guitarrista Kirk Hammett em um comunicado à imprensa. "Os primeiros shows S&M em 1999 foram uma parte crucial da evolução do Metallica. Sabíamos que tínhamos que marcar seu 20º aniversário em uma escala ainda maior, mas sem sacrificar nada da intimidade desses shows. A reação tem sido incrível, para os shows e o álbum, e estamos emocionados por poder trazer essas mesmas vibrações do 'S&M2' para o Blackened".

Os barris de conhaque preto literalmente vibraram com o som de "S&M2", "golpeados com as frequências baixas de hertz", como o comunicado de imprensa descreve. Em teoria, isso extrai mais sabores da madeira e melhora o sabor. E pensar que seu uísque estava "ouvindo" ao "S&M2" também é um conceito bacana. Pode-se dizer que a bebida tem como ingrediente a essência do Metallica.

"A energia insana que exalava tanto dos fãs quanto dos artistas é inesquecível", disse Dietrich, que compareceu às duas noites dos shows do "S&M2" no ano passado. "É incrível trazer esse espírito e paixão para Blackened".

O lote 106 será vendido nas lojas e online em uma caixa comemorativa projetada por Squindo, guru gráfico do Metallica de longa data. Haverá também um concurso cujo prêmio é uma camiseta de edição limitada com a arte "S&M2" do artista.

E para aqueles com uma sede um pouco mais ambiciosa, a Sweet Amber Distillery também lançará versões mais fortes de Blackened em mercados selecionados no Kentucky e na Flórida. Retirados do Lote 106, marcam as primeiras edições do whisky "in cask strength", o que significa que não foi diluído no processo de destilação e, portanto, é uma prova superior.

Os shows "S&M2" do Metallica foram transmitidos nos cinemas ao redor do mundo, inclusive no Brasil, em um evento simultâneo e único e recentemente, foram transformados em um lançamento caseiro, com versões que contam também com um cobiçado box de luxo. Para saber mais sobre o uísque, visite o site Blackened Whisky.

Gostei
Haha
Triste
Detestei
Amei
Aff
Gostei
Comentar

+Música

Sobre o autorCarol Souza
Amante do cinema, dos livros e apaixonadíssima pelo bom e velho rock n'roll. Amo escrever e escrevo sobre o que amo. Ativista da causa feminista e bebedora de café profissional. Instagram: @barbooosa.carol