Dexter: RedeTV! é condenada a pagar R$1 milhão a funkeiro após exibir episódio com 'Som de Preto'

'Som de Preto' foi usado sem autorização durante exibição de episódio da quinta temporada da série.
'Som de Preto' foi usado sem autorização durante exibição de episódio da quinta temporada da série.
PorCarol Souza15/10/2020 11h41

Um dos assuntos mais falados no mundo das séries desde a noite desta terça (14) é o revival da série "Dexter" da Showtime, que depois de seu fim em 2013 com Dexter Morgan (Michael C. Hall) partindo para o exílio auto-imposto como lenhador e vivendo uma vida solitária, retornará a TV após 7 anos, com 10 novos episódios.

No entanto, antes do anúncio que deixou a web e os fãs em polvorosa, "Dexter" foi protagonista de uma polêmica aqui mesmo no Brasil, que resultou em uma condenação milionária envolvendo a emissora RedeTV! e o funkeiro Amilcar Rosa Filho, mais conhecido como MC Amilcka.

Há três semanas atrás a emissora, que exibiu a série em sua grade de programação entre os anos de 2010 e 2012, foi condenada a pagar R$ 1 milhão por danos materiais ao MC Amilcka após utilizar a música "Som de Preto" na trilha sonora da quinta temporada da atração sem a prévia autorização do artista.

Conforme informações, a RedeTV! deverá pagar mais de R$ 250 mil de danos morais ao músico de acordo com a decisão da 3ª Vara Cível da Comarca de Niterói (RJ), além de arcar também com os custos do processo e honorários dos advogados, que representam 10% sobre o valor da condenação.

A música, que na época foi uma das mais tocadas nas rádios, apareceu em um trecho do sexto episódio da quinta temporada de "Dexter" em sua exibição no canal brasileiro.

Coincidentemente ou não ao anúncio do revival da atração, a decisão foi publicada no início deste mês após sete anos de sua abertura por MC Amilcka em 2013, ano em que "Dexter" terminou.

Confira a cena de "Dexter" com a música "Som de Preto":

1
Gostei
Haha
Triste
Detestei
Amei
Aff
Gostei
Comentar

+Série

Sobre o autorCarol Souza
Amante do cinema, dos livros e apaixonadíssima pelo bom e velho rock n'roll. Amo escrever e escrevo sobre o que amo. Ativista da causa feminista e bebedora de café profissional. Instagram: @barbooosa.carol