Diário 24 Horas

Empresa contratada pelo governo produziu vídeo de graça para Renan Bolsonaro

O filho 04 do presidente contou com serviços gratuitos da produtora Astronauta Filmes, que recebeu R$ 1,4 milhão do governo
O filho 04 do presidente contou com serviços gratuitos da produtora Astronauta Filmes, que recebeu R$ 1,4 milhão do governo
PorMarcos Henderson

A produtora Astronauta Filmes, contratada pelo Governo Federal para prestação de serviços audiovisuais e de marketing, fez uma cobertura grátis, com fotos e vídeos, da festa de inauguração da empresa de Renan Bolsonaro, o filho 04 do presidente Jair Bolsonaro. As informações são do jornal Folha de S. Paulo. 

O evento da "Bolsonaro Jr Eventos e Mídia" aconteceu no camarote 311 do estádio Mané Garrincha, em Brasília, e contou com vários convidados, a maioria sem máscara, como mostra o vídeo disponível no Instagram (veja abaixo).

Entre os trabalhos da produtora realizados para o Governo Federal, estão três peças publicitárias do Ministério da Saúde, a um custo de R$ 642 mil, dois vídeos sobre Covid-19 e um vídeo sobre multivacinação. Além disso, a Astronauta Filmes também produziu três filmes publicitários para o Ministério da Educação, por R$ 729,9 mil. Ao todo, a empresa teria recebido quase $ 1,4 milhão. 

A reportagem da Folha ainda exibe a confirmação do dono da produtora, Frederico Borges de Paiva, que admite ter realizado os serviços para Renan em troca de divulgação da marca. “Trocamos por permuta pela divulgação das nossas marcas, assim como fazemos em diversos outros projetos”, disse Paiva, que aparece abraçando Renan em determinado trecho do vídeo. 

“Entendemos não ter qualquer obrigação de revelar a este veículo de comunicação informações de cunho administrativo e financeiro referente à relação profissional que temos com outras agências, sob qualquer formato”, disse o empresário, que não quis revelar o valor dos serviços.

O deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP) informou que entrou com ação na Procuradoria da República do Distrito Federal para apurar o caso. “Acabamos de entrar na Procuradoria da República do DF para apurar o evidente tráfico de influência no caso da produtora, contratada pelo Planalto, que trabalhou de graça para o caçula de Bolsonaro, Renan. O Brasil não pode ser refém dessa esculhambação autoritária!”, declarou Valente em publicação no Twitter. 

+Brasil

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson