Diário 24 Horas

Netflix e criadores de Outer Banks são acusados de plágio e processados por autor de livro

Kevin Wooten acusa os criadores da série de copiarem vários detalhes de sua obra, publicada em 2016
Kevin Wooten acusa os criadores da série de copiarem vários detalhes de sua obra, publicada em 2016
PorMarcos Henderson

O romancista Kevin Wooten, autor do livro "Pennywise: The Hunt for Blackbeard’s Treasure!", abriu um processo contra a Netflix e os criadores de "Outer Banks", Shannon Burke e Jonas e Joshua Pate, alegando que a série plagiou a história de sua obra original publicada em 2016. 

Em sua acusação, obtida pelo site TMZ, Wooten diz que publicou, em 2016, um livro que documenta a história de quatro jovens adultos que se deparam com uma lenda local que os leva a um tesouro enterrado em um naufrágio lendário nas margens externas da Carolina do Norte.

Wooten diz que vendeu várias cópias, incluindo cópias impressas na cidade de Wilmington... onde ele afirma que os irmãos Pate passaram uma quantidade significativa de tempo, e onde eles disseram publicamente que tiveram a inspiração para seu novo programa de sucesso.

"Isso não é coincidência", diz Wooten, que afirma ser provável que os Pates tenham encontrado seu romance e o usado como base para "Outer Banks", além de alegar que há semelhanças impressionantes que "você simplesmente não pode negar", incluindo a estrutura e os personagens.

Wooten afirma que os arquétipos de seus protagonistas e os da série são quase idênticos, assim como os vilões - um rico benfeitor e um policial corrupto. Ele também diz que o enredo é virtualmente o mesmo... incluindo pistas que eles encontram e os lugares para onde os levam.

O autor do livro que supostamente serviu de inspiração para a série quer indenização, mas também quer ver uma referência à sua obra nos créditos. "História de Kevin Wooten, baseada no romance Pennywise: The Hunt for Blackbeard’s Treasure!", sugere o autor. 

+Netflix

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson