Multado pelo São Paulo, Arboleda pede desculpas após festa clandestina

O atleta afirmou que tem noção clara da gravidade da pandemia e que decidiu ir à festa por impulso
O atleta afirmou que tem noção clara da gravidade da pandemia e que decidiu ir à festa por impulso
PorMarcos Henderson

Multado pelo São Paulo Futebol Clube após ser flagrado em uma festa clandestina na madrugada desta sexta-feira (28), o zagueiro equatoriano Arboleda utilizou suas redes sociais para pedir desculpas aos seguidores pelo ocorrido. 

Em um discurso que coube na sessão de "stories" do Instagram, o atleta afirma que tem conhecimento da gravidade da pandemia de Covid-19 e, por impulso, tomou a decisão de comparecer a uma festa que acontecia clandestinamente em uma boate na Zona Leste de São Paulo, onde o atacante David Neres também foi encontrado no local. 

"Claro que tenho noção da gravidade da pandemia de Covid no Brasil, assim como no meu país natal, o Equador", esclarece o jogador, que ficará isolado por tempo indeterminado até o clube ter certeza que ele não representa mais risco aos demais membros da comissão. O comunicado do São Paulo Futebol Clube atestou que Arboleda será multado e que a punição administrativa será convertida em cestas básicas para o G10 Favelas.

A boate em que os jogadores foram flagrados poderá ser multada em até R$ 200 mil por manter 124 pessoas aglomeradas, sem máscara, consumindo bebida alcoólica durante a madrugada.

O estabelecimento foi encontrado aparentemente fechado pelas equipes das polícias de São Paulo, do Procon e do Ministério Público, mas os clientes entravam e saíam por outra porta, mais discreta. O dono do local percebeu a chegada da equipe de fiscalização e tentou distribuir máscaras para os clientes, mas alguns não conseguiram colocar o acessório. 

Comentários

O que você achou?
0GosteiGostei
0HahaHaha
0TristeTriste
0DetesteiDetestei
0AmeiAmei
0AffAff