MasterChef aposta mais em intrigas de reality e menos na gastronomia

A 8ª temporada de MasterChef parece mais preocupada em impressionar o público com dinâmicas novas e menos interessada em uma competição justa na cozinha
A 8ª temporada de MasterChef parece mais preocupada em impressionar o público com dinâmicas novas e menos interessada em uma competição justa na cozinha
PorMarcos Henderson

A 8ª temporada de MasterChef chegou ao seu terceiro episódio nesta quarta-feira (21), e a pequena amostra exibida até então já fez o público perceber que a intenção principal dos produtores não gira exclusivamente em torno da gastronomia.

Se você ligar a TV esperando uma competição justa entre os competidores em busca dos melhores sabores, poderá se surpreender com dinâmicas de discórdia que mais se aproximam de um Big Brother Brasil ou A Fazenda. 

No episódio de ontem, por exemplo, a popular Caixa Misteriosa ganhou uma versão dourada, em que metade dos participantes ficou sem nenhum ingrediente, gerando um episódio intrigante em que as pessoas deviam pedir ingredientes em bancadas alheias, em clima de desespero, já que alguns não entregaram tão facilmente seus produtos. 

Além disso, a Band decidiu que era necessário trazer uma celebridade por episódio, com uma proposta de prato para os participantes prepararem, mesmo que o desafio seja cozinhar um tímpano - empadão recheado de macarrão, carne, legumes, queijo e vários outros ingredientes -, sugerido por Zeca Camargo no episódio da semana passada, ou donuts, proposto por Duda Beat no episódio de quarta. 

O formato aparentemente forçado pela produção parece incomodar até os chefs, que protagonizam caras e bocas desconsertantes durante a apresentação dos pratos que os participantes devem preparar. Durante a participação de Camargo, por exemplo, a fatia do tímpano recheada com um monte de macarrão e carna pálida fez até os espectadores mais leigos na cozinha duvidarem do sabor da iguaria italiana. 

O roteiro também está preocupado em desestabilizar os competidores para, assim, gerar conteúdos mais "fortes" aos internautas, que adoram uma intriga. Antes da exibição do terceiro episódio, os canais online da Band já adiantavam que Cristina passou por um momento tenso em que ameaçava abandonar a competição, enquanto alguns dos adversários tentavam convence-la a ficar. 

Para piorar, a nova temporada também inseriu uma dinâmica bizarra no momento mais crucial de cada episódio, em que o mezanino escolhe algum dos piores cozinheiros da prova final para escapar da eliminação, resultando em saídas injustas que, basicamente, não fazem o menor sentido para uma competição séria. 

Afinal, o MasterChef cansou da gastronomia? Vamos esperar para ver. 

Comentários

O que você achou?
0GosteiGostei
0HahaHaha
0TristeTriste
0DetesteiDetestei
0AmeiAmei
0AffAff