Avião que caiu em SP não era de Simone e Simaria; Dupla comenta o caso

O avião da dupla sertaneja foi confundido com outro bimotor que caiu em Piracicaba, São Paulo
O avião da dupla sertaneja foi confundido com outro bimotor que caiu em Piracicaba, São Paulo
Marcos Henderson
PorMarcos Henderson

Simone e Simaria participaram do Encontro com Fátima Bernardes nesta terça-feira (14) e comentaram o caso de um avião que caiu numa área de mata no bairro Santa Rosa, em Piracicaba, São Paulo. Isso porque o avião que perdeu o controle foi confundido inicialmente com a aeronave pertencente à dupla sertaneja, gerando uma série de rumores entre amigos e familiares sobre a possível morte das cantoras. 

Os sete tripulantes do avião bimotor, entre elas o piloto, o co-piloto e cinco passageiros, morreram. Simone e Simaria dedicaram parte da participação no programa da Globo para um momento de solidariedade emocional às pessoas próximas às vítimas, sobretudo após descobrirem que os cinco passageiros, ainda não identificados, seriam da mesma família. 

"A gente estava ali no camarim e começamos a receber um monte de ligações de amigos, de artistas, preocupados achando que estávamos dentro do avião que acabou de cair", afirmou Simone, creditando a confusão às siglas presentes em cada aeronave. "Não sei se pelo fato da sigla atrás ser SM, só que no nosso jato é S&S, de Simone & Simaria. Confundiram e começou essa notícia se espalhar de que a gente estava dentro do jato", completou. 

"A gente quer também se solidarizar à família de todos que estavam dentro daquele avião. Deve ser uma dor insuportável", disse Simone, enquanto sua parceira acabou rendendo alguns comentários polêmicos após uma frase sobre o acidente. “A gente sempre diz uma coisa: quem tem promessa não morre, a gente tem muita coisa pra cumprir ainda, em nome de Jesus", disparou Simaria, garantindo uma série de críticas nas redes sociais por uma suposta falta de sensibilidade ao comentar a morte de sete pessoas em um programa ao vivo.