Restaurante que expulsou Biel em SP acusa o cantor de insultar funcionários

Funcionários do restaurante Terraço Itália exigiram que o funkeiro vestisse o blazer após ficar apenas de regata no estabelecimento
Funcionários do restaurante Terraço Itália exigiram que o funkeiro vestisse o blazer após ficar apenas de regata no estabelecimento
Marcos Henderson
PorMarcos Henderson

Biel relatou um episódio inusitado na última segunda-feira (13), utilizando a sessão de Stories do Instagram para contar aos seguidores que foi expulso do restaurante Terraço Itália, em São Paulo. Acompanhado de Tays Reis, o cantor afirma ter sido vítima de preconceito após retirar o casaco e ficar apenas de camiseta regata no estabelecimento, que rebateu o ex-Fazenda acusando-o de insultar os funcionários. 

De acordo com as informações de Biel, o gerente do restaurante se dirigiu até ele para exigir que colocasse o casaco novamente. "Tinha mulher de vestido de alça mostrando muito mais pele do que eu. Mas ele [gerente] falou que comigo era diferente. Por quê? Por causa da tatuagem? Por que eu tenho os dois braços fechados? Qual é a diferença?", disparou o funkeiro, revoltado.

Para completar, o traje de Biel poderia ser considerado esporte fino, conforme mencionado debochadamente por ele durante o vídeo publicado nos Stories. Ele foi ao local com calça social, tênis, regata e blazer, e teria incomodado os responsáveis pelo restaurante somente após retirar o casaco. 

Biel e Tays Reis estão juntos desde o início do relacionamento durante A Fazenda 12, passando apenas por um breve término em maio de 2021. Poucas semanas depois, eles reataram o namoro e trocaram declarações nas redes sociais, empolgando os fãs que torciam pela manutenção do relacionamento. 

Em nota, o restaurante Terraço Itália confirma que convidou Biel a se retirar do estabelecimento por não atender às "exigências necessárias para permanência" no local. "A nossa equipe pediu educadamente para que o cliente vestisse o blazer, pois somente regata não comporta aos requisitos exigidos para todos que desejam ter uma experiência no local", disse o gerente do restaurante, Alberto Cestrone. 

"O mesmo se recusou agindo de forma deselegante com os nossos funcionários. E não foi expulso, saiu por vontade própria", completou o comunicado. O restaurante ainda deixa claro que compartilha com os clientes durante o fechamento das reservas quais são as regras para o "dress code", que deve ser obedecido à risca pelos frequentadores. 

Comentários

O que você achou?
0GosteiGostei
0HahaHaha
0TristeTriste
0DetesteiDetestei
0AmeiAmei
0AffAff