Diário 24 Horas

BBB 22: Felipe Neto sugere aumentar o prêmio para R$ 10 milhões

Felipe Neto sugeriu aumentar o prêmio do BBB para R$ 10 milhões como método para 'acordar' participantes
Felipe Neto sugeriu aumentar o prêmio do BBB para R$ 10 milhões como método para 'acordar' participantes
Marcos Henderson
PorMarcos Henderson

O BBB 22 está sendo criticado por múltiplos fatores, inclusive pelo valor do prêmio, defasado pela inflação de acordo com as análises econômicas atuais. Nas redes sociais, Felipe Neto voltou a comentar sobre a premiação do reality e sugeriu uma forma eficiente de acordar os participantes novamente para o jogo: aumentar o valor do prêmio para R$ 10 milhões. 

Antes de tudo, Neto fez questão de esclarecer para os internautas que sua intenção não era dizer que R$ 1,5 milhão é pouco, mas sim que os participantes perceberam o potencial dos contratos publicitários pós-BBB, responsáveis por premiar os ex-participantes com quantias muito mais altas do que os cachês e a premiação principal da atração da Globo. 

"Esse valor não é bobagem pra ninguém ali. A questão não é essa", insistiu o YouTube. "Todo mundo ali 'precisa'. Incluindo a Jade. Querem exemplo? Kerline saiu com a imagem pura, na primeira semana de programa [...] Fez mais dinheiro fora da casa que o Prior, que arriscou tudo lá dentro", continuou. 

Felipe Neto acredita que os participantes do Big Brother Brasil estão evitando se expor para garantir uma saída "limpa" da casa e, consequentemente, conseguir contratos publicitários milionários. Ele diz que, agora, os participantes só pensam na publicidade pós-BBB e estão destruindo o reality por causa disso. 

"Ou sobem o prêmio pra R$10M, pra realmente ser algo difícil de conseguir com publicidade, ou botam 1 ano sem o participante poder fazer publi, mas aí adeus Camarote", finalizou Felipe Neto, que se junta a milhares de brasileiros que não estão satisfeitos com a conduta dos participantes no BBB 22. 

ComentáriosO que você achou?
TV e Celebridades
Últimas