Diário 24 Horas

Rússia declarou guerra à Ucrânia; Últimas notícias do ataque

Vladimir Putin autorizou ataques militares no leste da Ucrânia

Rússia iniciou 'operação militar especial' na Ucrânia
Rússia iniciou 'operação militar especial' na Ucrânia
Marcos Henderson
PorMarcos Henderson

Centenas de milhares de soldados foram autorizados pelo presidente da Rússia, Vladimir Putin, a iniciarem uma "operação militar especial" em Donbas, no leste da Ucrânia, dando prosseguimento aos planos de unificar o território controlado por separatistas que, em grande maioria, falam russo e são favoráveis a Putin. As últimas notícias da guerra indicam lançamento de mísseis e muita fumaça na região na madrugada desta quinta-feira (24).

Em seu discurso de autorização da operação militar especial na Ucrânia, o presidente da Rússia afirmou que não iria tolerar interferência estrangeira, citando indiretamente os Estados Unidos e o presidente norte-americano Joe Biden, além de recomendar aos soldados ucranianos que largassem suas armas e se recolhessem em suas casas. 

Confira alguns vídeos que mostram o início da operação militar da Rússia em território ucraniano, incluindo, além de Donbas, a capital da Ucrânia, Kiev, Donetsk e outras regiões:

Os relatos ainda são escassos, mas alguns ucranianos começam a fornecer informações para grandes redes de notícia, indicando que as tropas russas estão cercando outras regiões da Ucrânia para demonstrar seu poder bélico e impedir qualquer movimento de defesa. 

Em discurso de resposta, Biden condenou integralmente a ação do líder russo, afirmando que o mundo irá responsabilizar Putin pelos estragos "catastróficos" na Ucrânia. Antes disso, o presidente da Rússia afirmou que qualquer nação que tentasse interferir na operação "terá consequências que nunca teve antes em sua história". 

ComentáriosO que você achou?
Política
Últimas