Diário 24 Horas

Marco Feliciano fala sobre cocaína e sexo anal em entrevista a revista masculina

Marco Feliciano fala sobre cocaína e sexo anal em entrevista a revista masculina
Carol Souza
PorCarol Souza

Um dos deputados e pastores mais polêmicos do Brasil, Marco Feliciano surpreendeu muita gente ao conceder uma entrevista à revista masculina Playboy, falando sobre assuntos como sexo anal e cocaína.

Ativo em sua campanha contra o homossexualismo, inclusive muito odiado por suas declarações a respeito de gays, lésbicas e simpatizantes, o pastor admitiu o uso de cocaína na infância, e até brincou com o fato de alguns homens gostarem de sexo anal.

"Com certeza, tem homens que têm tara por ânus, sim. Eu não entendo muito dessa área porque nunca fiz, graças a Deus (…). E espero nunca fazer, porque pa­rece que quem faz não volta mais", disse ele em tom de brincadeira. "Deve ser uma coisa tão estranha…", continuou.

Antes de se converter ao evangelismo e se tornar pastor, o político disse que consumia cocaína, e que conheceu a droga ainda na infância. "Conheci a cocaína nos bailinhos, no fim dos meus 12 anos", revelou ele. Questionado sobre envolvimento com outras drogas, Feliciano negou: "Só a cocaína. Eu tentei a maconha, mas engasguei, nunca consegui fumar nem cigarro. Não conseguia tragar. Com a cocaína era fácil".

ComentáriosO que você achou?
TV e Celebridades
Últimas