Giovanna Grigio, a Mili de "Chiquititas" troca SBT pela Globo e interpreta mocina sofrida em novela de Walcyr Carrasco

A atriz fará par romantico com o galã teen Arthur Aguiar

Giovanna Grigio, a Mili de "Chiquititas" troca SBT pela Globo e interpreta mocina sofrida em novela de Walcyr Carrasco
PorDiário 24 Horas21/12/2015 21h00

A modelo e atriz Giovanna Grigio, conhecida por ter interpretado Mili, na novela Chiquititas do SBT, está prestes a completar seus 18 aninhos e junto com a maior idade inicia um novo projeto voltado para o público adulto. A jovem irá estrear na Globo, sua nova casa, em uma novela de Walcyr Carrasco. A trama das seis da tarde se assemelhará ao best-seller “A Culpa é das Estrelas” e se chamará “Êta Mundo Bom”.

Após dois longos anos atuando na emissora de Silvio Santos, em um núcleo infanto-juvenil, ela passa a trabalhar para a concorrente em um folhetim mais maduro dando vida a personagem Gerusa, uma frágil garota que sofre com a doença de Chagas, uma doença comum, mas que até o final da década de 40 não tinha cura, época em que a novela será ambientada. A adolescente vive em uma pensão aos cuidados da avó Camélia, interpretada por Ana Lúcia Torre. Ela viverá um romance com Osório, vivido pelo galã teen Arthur Aguiar, novo hóspede do local.

Em entrevista ao “Gshow” a atriz comentou sobre a reação que teve ao descobrir o enredo da trama. “Quando soube que era de época, pirei! Normalmente são as minhas favoritas, então estou super realizada! A novela é ambientada nos anos 40, uma época que me interesso muito e isso é maravilhoso!”. E adianta um pouco sobre os laços afetivos de Gerusa. “Ela é superprotegida pela avó. O legal é que no meio do drama dessa doença, ela também vive um romance lindo com Osório! É bem ‘love story’ mesmo”.

O romance do qual a Giovanna fará parte no folhetim está sendo comparado ao do filme “A Culpa é das Estrelas”, mas a jovem disse ao site “UOL” não ter notado as semelhanças até ver os comentários na internet. “Quando recebi a sinopse e vi que teria a história de amor, não tinha me ligado. Só reparei na semelhança depois, quando comentaram na internet. E achei muito legal, porque li o livro, assisti ao filme e gosto muito da história. É muito bonito, fala de um assunto sério, mas ao mesmo tempo é leve. Acredito que na novela também seja algo assim, bem bonitinho”.

A bela já começou a contracenar com Arthur Aguiar e torce para que o romance entre os personagens possa dar certo. A jovem, que é adepta das redes sociais, só lamenta a dificuldade que os fãs terão para “shippar” o casal. “Os nomes não favorecem em nada (risos). Tem gente que coloca #Gerusório, #Geroso, #Ogerusa”, brinca. Juntos, Giovanna e Arthur têm mais de 6 milhões de fãs nas redes sociais. Ela também afirma que não vê seus seguidores como simples fãs, mas como amigos. “Não os vejo como fãs, são mais como amigos. Eles são muito carinhosos e dedicados! Então, tento sempre acompanhar o que eles fazem pelas redes, leio os comentários, vejo tudo o que posso e que consigo! (risos) Sou muito grata pelo carinho”.

A nova contratada da Globo precisou se preparar bastante para viver a sofrida personagem, muitas leituras do texto pelo elenco foram necessárias para criar afinidade em cena. Ela também procura estudar quando está só e utiliza filmes, fotografias e livros como material de pesquisa para entrar no clima do final dos anos 40. Mas o que mais contribui na hora de gravar são os figurinos e cabelo. “A gente acaba se sentindo mesmo na época. Quando entramos no cenário, nem se fala!”, confessa.

Nova fase: Do SBT para a Rede Globo

Após atuar no remake de “Chiquititas” dando vida a carismática Mili, anteriormente vivida por Fernanda Souza, Giovanna estava sem contrato com o SBT desde fevereiro deste ano. Ela não pensou duas vezes em aceitar o convite fazer os testes para compor o elenco da nova novela das 18h da rede Globo, “Êta Mundo Bom!”. Talentosa, a jovem foi aprovada e deu início as gravações de suas cenas no início de dezembro.  

Graças ao apoio e experiência dos outros atores envolvidos na trama, a bela têm conseguido se adaptar a nova rotina. “Está sendo maravilhoso, porque todo mundo é receptivo. Todo mundo mesmo! Todos me ajudam, me dão dicas. Ana Lúcia é uma das pessoas mais fofas que eu já conheci na minha vida! É muito generosa, muito carinhosa, e está sendo maravilhoso trabalhar com ela”, festeja a atriz, que pretende se mudar para o Rio de Janeiro, atualmente ela mora em Mauá (SP).

Eternamente Mili?

Giovanna diz ter superado sua antiga personagem Mili, dessa forma ela se diz livre para interpretar outro papel em sua nova casa. Mesmo sendo novelas diferentes, de autores diferentes, em emissoras diferentes, Gerusa tem algo em comum com a protagonista de "Chiquititas", a ausência dos pais. “É uma sina mesmo (risos). Desta vez, pelo menos eu tenho uma avó, não é?”, compara a intérprete.

Embora tenha deixado à menina do orfanato “Raio de Luz” no passado, a atriz reconhece o quão importante à personagem foi em sua carreira na teledramaturgia. Ela confessa que queria iniciar um projeto diferente após ter vivido a garota órfã durante dois anos consecutivos, mas entende o assédio de seus mais de 3 milhões de fãs nas redes sociais.

“Gravei ['Chiquititas'] até fevereiro. É muito louco porque, para o público, a novela acabou mesmo em agosto. Mas para mim, profissionalmente falando, eu já tinha terminado há mais tempo e estava em fase de testes. Demorei para arranjar outro trabalho, mas para o público pareceu que foi muito rápido, porque mal acabou e já estou em outra, e não foi bem assim”, explica.

Gerusa será a segunda mocinha interpretada por Giovanna na televisão. Às vésperas de completar 18 anos, ela faz aniversário no dia 18 de janeiro, a atriz não se incomoda com a possibilidade de ser escalada para viver um mulherão em outros trabalhos mais maduros, mesmo ainda estando ligada ao público infanto-juvenil por conta da novela que foi exibida no SBT.

“A preocupação acaba existindo, mas não posso deixar isso tomar conta do meu ofício, porque futuramente vou acabar fazendo papéis mais adultos, até porque vou estar mais adulta. Independentemente de eu ter sido a Mili, vou estar em outra fase. Acho importante respeitar essas fases. E gosto de personagens complexos”, afirma.

+Giovanna Grigio

Comentários

Sobre o autorDiário 24 Horas
Equipe de redação do Portal Diário 24 Horas. @diario24h