"Democracia em Vertigem" tem chances reais no Oscar? Conheça os concorrentes

Trecho do filme 'Democracia em Vertigem', de Petra Costa
Trecho do filme 'Democracia em Vertigem', de Petra Costa
PorMarcos Henderson14/01/2020 12h40

Conquistar uma indicação ao Oscar é uma tarefa que muitos cineastas almejam, e é tido como um marco na carreira de um artista do ramo. A maior premiação mundial do cinema virou realidade para Petra Costa, de 36 anos, responsável pelo filme "Democracia em Vertigem", indicado na categoria de "Melhor documentário" e responsável por uma atual guerra nas redes sociais, sobretudo no que diz respeito aos apoiadores da extrema direita no Brasil, que atacam o longa gratuitamente. Nesta terça-feira (14), Jair Bolsonaro disse, sem ter visto o filme, que "Democracia em Vertigem" é uma "porcaria", e gerou polêmicas nas redes sociais. A concorrência do longa de Petra Costa é formada por outras produções que também são de altíssimo nível, incluindo um projeto da produtora de ninguém menos que o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, em parceria com sua esposa, Michelle Obama. 

Trata-se do documentário "Indústria Americana", produzido pela Higher Ground Productions, com realização edireta de Steven Bognar e Julia Reichert. Saiba onde assistir aos filmes indicados no Oscar. O longa, disponível na Netflix, retrata a queda da General Motors e o momento em que o bilionário investidor chinês Cao Dewang comprou o espaço abandonado pela GM e criou sua própria empresa, culminando em uma mudança radical na situação empregatícia norte-americana. Confira o Trailer de Indústria Americana:

Também na lista de indicados, podemos destacar "For Sama", em que a diretora Waad al-Kateab reuniu imagens durante cinco anos na cidade de Aleppo, região que foi dominada por rebeldes em meio a uma brutal rebelião síria. Na produção, a cineasta consegue mostrar uma realidade tocante e real, ao mesmo tempo em que faz questão de mostrar suas próprias conquistas, que incluem a batalha pela liberdade na Síria e seus feitos pessoais, como o nascimento de sua filha e seu próprio casamento, em meio ao caos. Confira o trailer de "For Sama":

"The Cave" também concorre ao Oscar com "Democracia em Vertigem", e também é ambientado na Síria, mais especificamente no leste de Ghouta, bombardeada por aviões russos em 2018. Na época, quase meio milhão de pessoas precisaram buscar abrigos provisórios na região, até montarem um refúgio subterrâneo, que acabou se tornando uma complexa rede de túneis, criada para proteger o povo desabrigado dos males e das ameaças que ainda cercam a Síria. Neste refúgio, existe um hospital, chamado popularmente de "The Cave", liderado pela doutora Amani, e é lá que chegam as inúmeras vítimas dos ataques constantes na cidade. Confira o trailer de "The Cave":

Entre os nomeados, "Honeyland" também marca presença na cerimônia, com um destaque: o filme concorre em duas categorias: "Melhor Documentário" e "Melhor Filme em Língua Estrangeira". Produzido na Macedônia, o longa de  Tamara Kotevska e Ljubomir Stefanov narra a luta de Hatidze em preservar as abelhas, que sofreram demasiadamente com as extrações desenfreadas de mel na Europa. Confira o trailer de "Honeyland":

"Democracia em Vertigem" tem concorrentes de peso na busca pela estatueta de "Melhor Documentário" no Oscar 2020 e, sem esconder verdades, exibe os motivos reais que levaram a ex-presidenta Dilma Rousseff ao impeachment e como Jair Bolsonaro derrotou o "Partido dos Trabalhadores" nas eleições de 2018, que também marcou a prisão de Lula. A lista de indicados é tão forte que fica difícil apostar em quem seria o favorito na categoria documental.

"Honeyland", indicado em duas categorias, recebe o título de favorito em alguns portais internacionais, e "Indústria Americana", que apesar de abordar uma temática não muito chamativa à primeira vista, aborda um assunto condizente com a nacionalidade geral da Academia, são, de certa forma, mais ocidentais. "For Sama" e "The Cave" são tão profundos e tão reais que também ganham fortes chances de premiação, pois entregam uma rotina de sofrimento e paixão, nos dois filmes, em meio à necessidade única de sobrevivência. Confira tudo sobre o filme "Democracia em Vertigem". O filme de Petra Costa tem chances, mas em uma edição do Oscar marcada pela exclusão, a exemplo da ausência de "Meu Nome é Dolemite" e de sua estrela, Eddie Murphy, além de Adam Sandler e Lupita Nyong’o, o que podemos esperar? Confira o trailer de "Democracia em Vertigem":

0
0
0
Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson