Weintraub minimiza falhas, detona imprensa e diz ter feito "o melhor Enem de todos"

Ministro ganha forte apoio de bolsonaristas na web após comissão no Senado
Ministro ganha forte apoio de bolsonaristas na web após comissão no Senado
PorMarcos Henderson11/02/2020 14h46

O mais recente Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi marcado por falhas na correção de provas e reclamações dos estudantes, e após a resolução dos problemas o Ministro da Educação Abraham Weintraub voltou a comentar sobre a própria gestão, e disse que "apesar dos probleminhas", a edição 2019 do exame teria sido a melhor de todos os tempos, durante apresentação na Comissão da Educação, Cultura e Esporte do Senado, nesta terça-feira (12), e aproveitou a ocasião para criticar os agentes que, segundo ele, foram os principais responsáveis pela confusão entorno dos erros na correção: a militância, os políticos de esquerda e, principalmente, a imprensa. 

Em seus relatos, Weintraub afirma que canais midiáticos de grande circulação e popularidade, como a Globo e a Folha de S. Paulo, agiram com força total para "gerar terror e desmobilizar", através de uma suposta "chuva de fake news". Perguntado sobre o episódio em que teria encaminhado a solicitação de um pai bolsonarista pessoalmente à direção do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o ministro negou, afirmando que um grande número de reclamações do mesmo tipo foi feito, e em todos os casos o tratamento teria sido feito da mesma forma. 

Bolsonaristas utilizam o Twitter nesta terça para exaltar Weintraub, com o uso da hashtag "JuntosComWeintraub", com quase 40 mil publicações até o fechamento desta matéria. Entre os comentários, os usuários da plataforma elogiam a gestão do ministro, criam memes para transforma-lo em uma espécie de super-herói e, em alguns casos, criticam diretamente quem seja contrário ao atual trabalho desenvolvido no MEC, sobretudo o líder da oposição ao governo Bolsonaro no Senado Federal, Randolfe Rodrigues, que fez duras críticas ao ministro da educação, exigindo sua renúncia durante a comissão. "Ele acusa os outros da prática que faz, do comportamento que ele tem", disse o opositor, que chegou a chamar Weintraub de "incompetente". 

Comentários

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson