Primeira morte de coronavírus fora da Ásia é confirmada

O homem tinha 80 anos e era da província de Hubei
O homem tinha 80 anos e era da província de Hubei

O surto do novo coronavírus (Covid-19) proveniente da China teve a sua primeira vítima fatal fora do continente asiático confirmada na França. Um turista chinês de 80 anos faleceu no país europeu. Este é o terceiro falecimento fora da China.

O senhor chinês é proveniente de Hubei, o epicentro do surto da doença, e chegou à França no dia 16 de janeiro. No dia 25 de janeiro ele já apresentou os sintomas da doença e foi colocado em quarentena. O paciente teve uma infecção pulmonar causada pelo novo coronavírus, fazendo com que sua condição se deteriorasse rapidamente. Além dele, a filha do homem de 80 anos também está hospitalizada com sintomas da doença, mas está estável e deve receber alta.

Além da França, outros países que confirmaram mortes decorrentes da doença foram as Filipinas e o Japão. Hong Kong, a região administrativa especial, também tem uma morte confirmada. Apesar das mortes ao redor do mundo e o especial aumento da quantidade de infectados e mortos na China, a Organização Mundial da Saúde afirmou que a epidemia do Covid-19 foi controlada no mundo. 

Até o momento, o balanço geral da doença é: 

- mais de 1.500 mortes na China (incluindo uma no território semi autônomo de Hong Kong)

- 3 mortes fora da China (uma na França, uma nas Filipinas, e outra no Japão)

- mais 65 mil casos confirmados em território chinês

- 505 casos confirmados em outros 24 países

Leia também