Jackie Chan oferece R$ 615 mil para quem descobrir cura para o coronavírus

Antes da oferta em dinheiro, o ator foi criticado por poucas ações sobre o caso
Antes da oferta em dinheiro, o ator foi criticado por poucas ações sobre o caso

Corrida para o bem! O ator Jackie Chan, de origem chinesa, está preocupado com o surto do Covid-19, o novo coronavírus, que está se espalhando rapidamente pelo seu país, com mais de 1600 mortes confirmadas. Visando erradicar a doença o quanto antes, o astro de Hollywood está oferecendo uma alta quantia em dinheiro para quem conseguir desenvolver a cura para a doença.

Inicialmente, o ator gravou um vídeo de anúncio de serviço público para a TV por satélite de Zhejiang. Lá, compartilhou sua preocupação e disse estar acompanhando de perto o surto da doença na Ásia e no mundo, acreditando que Wuhan, o epicentro da doença, deve superar esse desafio.

Leia também: Jackie Chan e Arnold Schwarzenegger lutam no filme "The Iron Mask"

Mais tarde, utilizando a rede social Weibo, o astro relatou sua emoção ao ver que várias pessoas estavam fazendo a sua parte colaborando com o envio de máscaras. "Estou disposto a fazer qualquer coisa ao meu alcance para ajudar", declarou Chan. E continuou: "Se alguém, seja um indivíduo ou uma instituição, é capaz de produzir uma cura eficaz para o vírus, desejo dar a eles 1 milhão de yuans (cerca de R$ 620 mil) como um sinal de minha gratidão", escreveu ele. "Espero que todos entendam que não se trata de dinheiro (...) Só não quero ver pessoas sofrendo e morrendo quando deveriam aproveitar a vida". Agora o desafio em prol da saúde pública foi lançado. 

Antes do momento de preocupação e de interação com o público, o ator chinês havia sido criticado pela pouca ação em relação ao surto da doença. Vários filmes tiveram suas estreias na China canceladas ou adiadas, como o filme “Vanguard”, estrelado por Chan.

Leia também