Luisa Mell confirma teste positivo para o coronavírus e teme pela saúde do marido e do filho

Luisa Mell e o marido testaram positivo para o coronavírus, a ativista teme pela saúde do marido que permanece no hospital e pelo filho que apresentou febre recentemente.
Luisa Mell e o marido testaram positivo para o coronavírus, a ativista teme pela saúde do marido que permanece no hospital e pelo filho que apresentou febre recentemente.

Luisa Mell divulgou nesta segunda (23) em seu perfil no instagram que ela e seu marido testaram positivo para o coronavírus. O marido, Gilberto Zaborowsky, está internado no hospital para o tratamento de pneumonia. 

Na publicação ela disse: “Nossa pneumonia é decorrente desse vírus, que não é tão simples quanto as pessoas gostam de falar. Vocês não tem ideia da diferença no pulmão em uma semana. É sério. Muito sério. Graças a Deus estamos em um ótimo hospital” escreveu. Ela contou que no momento está sendo tratada em casa e o marido continuou no hospital: “Tenho muita dor no peito, mas sigo me tratando em casa. Meu marido segue internado. “

Luisa também teme pela saúde do filho, Enzo, de cinco anos, que também teve febre. "Estou arrasada, amigos. Só tenho vontade de chorar", disse.

Luisa mostrou o exame e alertou para importância da quarentena. "É um momento muito difícil pra mim. Doente, isolada no quarto, sem poder me aproximar do meu filho, muito angustiada e preocupada com meu marido, longe sei lá por quanto tempo do Instituto Luisa Mell. O carinho de vocês foi muito importante pra mim. Mais uma vez peço que fiquem em casa o quanto puderem", falou a apresentadora. 

Ela também agradeceu a todos os profissionais que estão cuidando das pessoas neste moment "Quero aproveitar para fazer mais uma homenagem a todos os profissionais da saúde. Muitos médicos já se afastaram de suas famílias (para não colocarem elas em risco) para poderem cuidar de nós! Merecem todo nosso respeito e gratidão! Escutem os médicos, cientistas... os profissionais que estão realmente preocupados com o próximo", aconselhou.

Leia também