George Miller anuncia novo longa de "Mad Max" contando a origem de Furiosa

Apesar de contar a história da personagem, Charlize Theron não deve vivê-la na nova produção.
Apesar de contar a história da personagem, Charlize Theron não deve vivê-la na nova produção.

Em uma entrevista recente ao New York Times, o "autor do apocalipse" George Miller anunciou oficialmente seu próximo filme de "Mad Max", que deve trazer ao público a origem da personagem Furiosa.

Entretanto, apesar de contar a história da personagem de "Mad Max: Estrada da Fúria", de 2015, a nova produção não será estrelada por Charlize Theron, que viveu Furiosa anteriormente. Isso se deve em parte porque, como a própria Theron sugeriu em 2017, a sequência esperada é, na verdade, uma "pré-sequência", e deve narrar os eventos anteriores ao longa de 2015, com uma Furiosa muito mais jovem.

Miller e seu co-escritor Nick Lathouris escreveram um esboço da pré-sequência antes mesmo de a "Estrada da Fúria" começar a ser filmado, além de extensas histórias de fundo para todos os personagens, desde o vilão Immortan Joe, ao Doof Warrior com sua guitarra.

Mas, mesmo com tantos personagens interessantes, foi Furiosa quem capturou a imaginação de Miller, embora na época ele visse o roteiro como uma forma de "ajuda" à atriz. "Era puramente uma maneira de ajudar Charlize e explicar isso [a origem de Furiosa] para nós mesmos", disse Miller. Agora, ele está pronto para explicar isso ao público também.

Inicialmente, Miller esperava se reunir com Theron para a produção. Mas conforme o filme foi chegando perto de se tornar realidade, a tecnologia de rejuvenescimento não acompanhou, e não chegou tão longe quanto Miler esperava a tempo de poder ser usada. 

"Por muito tempo, pensei que poderíamos usar o rejuvenescimento em CG em Charlize, mas acho que ainda não chegamos lá. Apesar das tentativas valentes de 'O Irlandês', acho que ainda existe um vale misterioso. Todo mundo está prestes a resolvê-lo, em particular os designers japoneses de videogame, mas acredito que ainda haja um vale bastante amplo".

E mesmo que os atores na frente da câmera sejam diferentes, a equipe nos bastidores terá rostos familiares. O diretor de fotografia John Seale deixou sua semi-aposentadoria, e o designer de produção vencedor do Oscar Colin Gibson também embarcou no projeto.

Para "Estrada da Fúria", Gibson criou 135 veículos únicos, com 88 entrando no filme. Agora, ele está sonhando ainda mais. Ele disse: "A próxima iteração, que está sobre a mesa, terá ainda mais."

No entanto, essa visão épica terá que esperar até que a pandemia de coronavírus desapareça. Na fila, o próximo filme de Miller "Three Thousand Years of Longing", com Idris Elba e Tilda Swinton, deveria começar a ser filmado no início desta primavera mas teve sua produção adiada, assim como inúmeros outros títulos do cinema e da TV, devido ao coronavírus.

Comentários

Filmes

Mais Cinema