"Liga da Justiça": Director's Cut de Zack Snyder deve estrear na HBO Max em 2021

WB responde a pedidos sob a tag #ReleaseTheSnyderCut, gastando US$ 20 milhões para concluir o projeto.
WB responde a pedidos sob a tag #ReleaseTheSnyderCut, gastando US$ 20 milhões para concluir o projeto.

Pedidos ávidos dos fãs, e até de estrelas do próprio filme finalmente foram ouvidas: a Warner Bros. confirmou que #ReleaseTheSnyderCut vai acontecer, e o director's cut de Zack Snyder para "Liga da Justiça" deve estrear na HBO Max no próximo ano.

O director's cut tem sido motivo de rumores sem fim desde que o filme original quase afundou todo o Universo Estendido da DC em 2017. Zack Snyder e sua esposa e produtora Deborah deixaram o projeto após o suicídio de sua filha de 20 anos, Autumn. Joss Whedon, que liderou a gigantesca aventura de super-heróis de super-heróis do Universo Cinematográfico da Marvel, "Os Vingadores", foi quem finalizou "Liga da Justiça".

Além de lidar com todo o trabalho de pós-produção, Whedon gravou novas cenas, muitas das quais são algumas das que mais sofreram críticas pelos fãs dos heróis. Agora, no entanto, a WB orçou um valor estimado entre US$ 20 e US$ 30 milhões para concluir e lançar a versão original do filme de Snyder.

Se a produção aparecer com duração de quatro horas ou dividida em seis "capítulos", finalmente veremos o que Snyder originalmente imaginou para a "Liga da Justiça" quando sua versão finalmente estrear na HBO Max em 2021.

Ainda no ano passado, em novembro, os atores Gal Gadot e Ben Affleck, que interpretam a Mulher Maravilha e Batman, se juntaram ao coro dos fãs para pedir o lançamento da versão de Snyder do longa. Em suas redes sociais, os astros fizeram uso da tag #ReleaseTheSnyderCut.

E já na época, o diretor deu esperanças do que agora é realidade, respondendo em tom bem humorado, também nas redes sociais que "esta antiga Amazona não pode estar errada... e nem o Batman".

Comentários

HBO

Mais Séries