Texto de Lana Del Rey sobre abuso causa intriga entre fãs de Ariana Grande, Camila Cabello, Beyoncé e mais

Cantora gera discussões nas redes sociais após rebater acusações de 'glamorização' do abuso.
Cantora gera discussões nas redes sociais após rebater acusações de 'glamorização' do abuso.

Lana Del Rey confirmou que seu próximo álbum de estúdio será lançado no dia 5 de setembro e aproveitou a ocasião para reagir aos críticos que, segundo ela, a "crucificaram". A premiada cantora, cujo nome verdadeiro é Elizabeth Grant, divulgou uma longa declaração em sua conta no Instagram na última quinta-feira (20), abordando a pauta das críticas recebidas pelos seus últimos trabalho, incluindo os relatos que a acusam de "glamorizar" o abuso nas composições. 

Para isso, Del Rey iniciou o discurso com um comentário sobre a liberdade de expressão de artistas como Doja Cat, Ariana Grande, Camila Cabello e Beyoncé, em comparação com os próprios trabalhos, que, teoricamente, receberiam maiores represálias dos especialistas.

"Agora que Doja Cat, Ariana, Camila, Cardi B, Kehlani, Nicki Minaj e Beyoncé chegaram ao topo das paradas cantando sobre ser sexy, ficar sem roupa, transar, trair, etc — será que eu posso voltar a cantar sobre apreciar o próprio corpo, se sentir linda por estar apaixonada, mesmo que seja um relacionamento imperfeito, dançar por dinheiro, ou o que quer que seja, sem ser crucificada e acusada de glamorizar abuso?", indagou a artista, chamando atenção dos internautas e gerando intriga instantânea entre os fãs das estrelas pop mencionadas. 

No Twitter, milhares de pessoas comentam fervorosamente o texto publicado por Del Rey, e já é possível encontrar usuários nada satisfeitos com as menções iniciais, mesmo que não tenham sido feitas como um ataque, e sim como um reforço da liberdade que deve ser garantida a todas as mulheres na música, outro tema abordado no texto, que também dialoga sobre os problemas da indústria musical, ainda dominada pelo conservadorismo masculino. 

"Estou farta de escritoras e cantoras que dizem que eu glamorizo os abusos quando, na realidade, sou apenas uma pessoa glamorosa cantando sobre as realidades do que estamos vendo atualmente, são relacionamentos emocionalmente abusivos predominantes em todo o mundo", insistiu Del Rey, antes de anunciar o lançamento do sétimo álbum, ainda sem nome confirmado, apesar da própria cantora ter citado o título "White Hot Forever" recentemente, além de confirmar que utilizará as temáticas levantadas no texto como inspiração para os dois livros de poesia que também irá lançar este ano.

Confira o texto de Lana Del Rey, na íntegra:

Comentários

Pop

Mais Música