David Lynch apoia "Black Lives Matter" em seu último vídeo de boletim meteorológico

Lendário cineasta ganhador do Globo de Ouro por 'Twin Peaks', de 1991,  pede 'paz' e 'justiça'.
Lendário cineasta ganhador do Globo de Ouro por 'Twin Peaks', de 1991, pede 'paz' e 'justiça'.
PorCarol Souza04/06/2020 11h48

Após um hiato de quase uma década, David Lynch trouxe de volta seus vídeos agradavelmente bizarros de boletins meteorológicos no último mês, como uma forma de colaboração da classe artística para aliviar as tensões dos fãs em quarentena durante a pandemia de coronavírus.

O fato de o autor de "Blue Velvet" e de "Twin Peaks" fornecer comentários diários sobre "nuvens finas" e "sol dourado" é bastante divertido, mas sua última transmissão vem com um pouco mais do que só sua excêntrica previsão do tempo: uma mensagem de apoio ao movimento "Black Lives Matter".

Após um resumo dos "belos céus azuis" em Los Angeles, na última quarta (3), Lynch se afastou de sua mesa para revelar uma placa com as palavras "Black Lives Matter", "Peace", "Justice" e "No Fear". A câmera permaneceu focada no letreiro pelos 45 segundos restantes do clipe, enquanto o lendário cineasta mexia em seu espaço de trabalho, fora da vista.

Uma abordagem simples, mas ainda assim, impactante. Assista:

Este vídeo meteorológico foi antecedido por um outro ainda mais estranho do que o normal, divulgado na terça-feira (2). A gravação não incluía Lynch nem um relatório real. Em vez disso, talvez como um momento de silêncio para George Floyd e "BLM", o vídeo de 30 segundos foi preenchido com sons de fundo suaves de seu espaço.

O apoio de Lynch ao "BLM" se junta à vozes como de Dwaine "The Rock" Johnson em protesto ao assassinato cometido por Derek Chauvin, o policial de Minneapolis que segurava o joelho no pescoço de Floyd, asfixiando-o fatalmente. Derek agora enfrenta acusações de assassinato em segundo grau. Também foi anunciado que os outros três policiais que estavam com Chauvin na hora do crime foram igualmente acusados ​​de assassinato em segundo grau.

+Black Lives Matter

0
0
0
Carol Souza
Sobre o autorCarol Souza
Amante do cinema, dos livros e apaixonadíssima pelo bom e velho rock n'roll. Amo escrever e escrevo sobre o que amo. Ativista da causa feminista e bebedora de café profissional. Instagram: @barbooosa.carol