Paul Rudd e Chris Evans falam sobre Vingadores e novos projetos em entrevista mútua

Dupla trocou elogios pelas novas séries, 'Cara x Cara' e 'Em Defesa de Jacob' e relembraram bastidores da Marvel
Dupla trocou elogios pelas novas séries, 'Cara x Cara' e 'Em Defesa de Jacob' e relembraram bastidores da Marvel
PorMarcos Henderson25/06/2020 10h58

O talk-show Actors on Actors, da Variety, mantém as atividades em formato virtual desde o início da pandemia, e nesta quinta-feira (25) apresenta Paul Rudd e Chris Evans em entrevista mútua sobre novos projetos e, é claro, algumas curiosidades sobre os bastidores de Vingadores, franquia da qual Evans garante não fazer mais parte, mesmo após o apelo dos fãs. 

A dupla saiu do universo da Marval e entrou no mundo televisivo este ano. Na série limitada "Em Defesa de Jacob", da Apple TV Plus, Evans habita a culpa e o medo de um procurador do distrito suburbano que não descansa até salvar o filho adolescente do que ele acredita ser uma acusação injusta de assassinato. E Rudd é muito maior do que o Homem-Formiga em "Cara x Cara", da Netflix, interpretando um redator e um clone encantador. 

Questionado por Rudd sobre como é interpretar um pai, Evans afirma que foi um papel muito agradável de se fazer, apesar de não ter um filho. "Eu tive um relacionamento maravilhoso com meu pai. Se você precisa encontrar paralelos em sua própria vida, que caminho adorável para passear e tentar se lembrar de todos os bons momentos que tive", diz o ator, que também atribui à temática da série um clima sombrio. 

Mais para frente, Evans pergunta como foi o processo de gravação da série "Cara x Cara". "Você foi pago em dobro?", perguntou o ex-Capitão América. "Não", resumiu o Homem-Formiga. "A ideia de interpretar duas partes e ter cenas comigo mesmo era algo que nunca havia feito antes. Teríamos que fazer a mesma cena em diferentes episódios de maneiras diferentes e depois fazê-las novamente duas vezes, porque eram dois personagens. Foi uma coisa muito estranha tentar manter tudo em ordem", disparou Rudd, que também relembrou a participação em Friends. 

"O programa era sobre eles, mas é uma coisa interessante de se fazer parte. Eu só estava nele por apenas um instante. Eu senti: 'Eu sou como um suporte neste programa. Não é sobre Mike Hannigan.' Mas há uma sensação muito interessante de fazer parte de algo que tem esse tipo de impacto profundo na cultura pop", garante o ator, abrindo espaço para as comparações com os filmes da Marvel e elogios de Evans, que ainda chega a perguntar ao colega "como é ser incrível". 

A dupla, então, relembra os bastidores de "Capitão América: Guerra Civil" com muito bom-humor. "Você se lembra que havia um vestiário improvisado? Estávamos mudando tudo e vi os ternos nas prateleiras. Parecia estar em um vestiário de um time de futebol vencedor do Super Bowl", brincou o ator, também garantindo que estava tão nervoso quanto seu personagem na época. 

Confira o bate-papo completo:

+Filme

0
1
0
Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson