Twitter é hackeado e ataques vitimam contas com grande número de seguidores; Barack Obama é uma das vítimas

As investigações continuam para descobrir os responsáveis pelo ato criminoso.
As investigações continuam para descobrir os responsáveis pelo ato criminoso.
PorKelly Lima15/07/2020 22h20

O Twitter é uma das redes sociais mais utilizadas por internautas ao redor do mundo. De pessoas comuns à famosos, o espaço é democrático e todos podem interagir entre si, trocando opiniões, seguindo perfis, compartilhando publicações ou postando o que lhe der na telha. Justamente por ser uma plataforma extremamente popular, acaba por ser tornar alvo de de pessoas más intencionadas, como ocorreu nesta quarta-feira, 15. Os responsáveis pelo microblog confirmaram que foram hackeados e os ataques atingiram diversas contas, inclusive a do ex-presidente norte americano, Barack Obama.

A situação foi bem séria e o Twitter precisou reconhecer publicamente a profundidade dos ataques, que teriam sidos promovidos por um grupo interessado em aplicar golpes com criptomoedas. O esquema não atingiu a todos os usuários da plataforma, somente aqueles que possuem contas com milhares de seguidores. Por este motivo, artistas, empresários e políticos foram os alvos preferenciais.

Algumas dezenas de contas com um grande número de seguidores foi minuciosamente selecionada pelos hackers. Entre estas estava a do ex-presidente americano Barack Obama, que possui mais de 120 milhões de seguidores. O golpe funcionava da seguinte forma: Após adentrar o perfil do usuário, os golpistas faziam uma publicação anunciando ofertas de bitcoin aos seguidores. 

Veja a mensagem:

Além de Barack Obama, vários outros nomes de peso passaram pela mesma situação. Os empresários Bill Gates (Microsoft), Elon Musk (SpaceX), Jeff Bezos (Amazon), foram alguns dos atingidos. As contas da Apple e Uber também sofreram os mesmos ataques. Assim como o senador democrata e atual candidato à presidência dos EUA, Joe Biden. Todos tiveram as mesmas mensagens compartilhadas em suas contas.

Entre os usuários do microblog cogitava-se a possibilidade da suspensão da rede social por um breve período de tempo, mas isso não aconteceu. Até o momento, as publicações nas contas hackeadas foram removidas e o Twitter continua investigando para descobrir os responsáveis e tomar as devidas ações legais, como informado mais cedo por um por meio de um porta-voz.

+Twitter

Sobre o autorKelly Lima
Web designer por curiosidade, Desenhista por amor, Gestora de RH por teimosia, acadêmica de Geografia por sorte e redatora nas horas vagas. Twiiter: Kelly Nivelly (@KNivelly)