Êta Mundo Bom: Celso se une a Anastácia para se vingar de Sandra e recuperar fortuna

O rapaz se arrepende de tudo que causou à tia e pede desesperadamente seu perdão
O rapaz se arrepende de tudo que causou à tia e pede desesperadamente seu perdão
PorMarcos Henderson31/07/2020 14h04

Anastácia vai do céu ao fundo de um poço vazio ao receber um golpe certeiro de Sandra em Êta Mundo Bom. Expulsa da mansão, a mãe de Candinho enfrenta a miséria, algo que ela jamais esperou enfrentar após tantos anos de regalias. Seu coração, entretanto, lhe dará o aporte necessário para encarar a situação e também receberá o conforto de novos aliados, a exemplo de Celso, que jura se unir à tia para se vingar da megera que lhe tomou tudo. 

Leia mais: Sandra e Ernesto terão final digno de suas falcatruas

É claro que, de imediato, Anastácia fica receosa, pois o rapaz não mediu esforços para prejudica-la junto a Sandra no início do folhetim, mas após uma conversa sincera, ela o perdoa. Era tudo que ele precisava para impulsionar seus planos de reconquistar a confiança da família e, quem sabe, voltar a nutrir um sentimento menos raivoso, já que ele também perdeu a parceria amorosa com Maria depois que ela descobriu o envolvimento do rapaz com os terríveis golpes da loira. 

Leia também: Anastácia encara vida nova após perder fortuna

Celso, então, decide ir até o cofre do banco para pegar a promissória assinada por Sandra e vai o mais depressa possível até a casa de Pancrácio. Mal recebido, ele insiste em contar o que acabou de fazer. “Essa aqui é a promissória que Sandra assinou em meu nome. É uma promissória de grande valor, equivalente a um terço de tudo o que a senhora possuía. Estava em meu cofre guardado”, dispara Celso, surpreendendo a tia, que ainda segue em clima de desconfiança, afinal não há motivos plausíveis para depositar esperanças depois de tudo que aconteceu. 

Celso é recebido com desconfiança na casa de Pancrácio
Celso é recebido com desconfiança na casa de Pancrácio
Celso é recebido com desconfiança na casa de Pancrácio

Quem motiva a ex-milionária a refletir melhor sobre o que o sobrinho está falando é Pancrácio, que percebe a sinceridade do jovem e convence Anastácia a prestar atenção no que ele tem a dizer. “Eu participei, eu não queria ter levado até o fim, mas eu participei”, lamenta Celso, que deixará a tia de queixo caído ao dizer, posteriormente, que utilizou a promissória para lhe devolver um terço da fábrica. "Não coloquei o meu nome, mas o seu. Aqui está o contrato”, dirá o rapaz, emocionando Anastácia.

+Êta Mundo Bom

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson