UNE cobra o fim das intervenções de Bolsonaro nas universidades

A União Nacional dos Estudantes cobra nomeações dos reitores condizentes com os resultados das eleições universitárias
A União Nacional dos Estudantes cobra nomeações dos reitores condizentes com os resultados das eleições universitárias
PorMarcos Henderson08/10/2020 12h43

A União Nacional dos Estudantes (UNE) convocou um "tuitaço" para pressionar os ministros a votarem pelo fim das intervenções nas universidades e instituições de ensino federais, citando a Ação Direta de Inconstitucionalidade que entrará em discussão na próxima sexta-feira (9) no Supremo Tribunal Federal. 

A ação visa encerrar as intervenções do presidente Jair Bolsonaro na escolha dos reitores, sobretudo porque suas decisões contrariam os próprios resultados das eleições realizadas dentro das instituições. Em setembro, a comunidade acadêmica declarou repúdio à escolha do professor Carlos André Bulhões Mendes, terceiro colocado nas eleições internas, como o novo reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). 

Desde 2019, Bolsonaro já recebeu 38 listas tríplices, com os candidatos ordenados do mais votado ao menos votado. Mesmo assim, ele não respeitou nomes vencedores e, das 26 nomeações oficializadas, nove eram de candidatos que não tinham ganhado as eleições na época. 

O presidente segue contrariando os resultados das eleições internas nas universidades
O presidente segue contrariando os resultados das eleições internas nas universidades
O presidente segue contrariando os resultados das eleições internas nas universidades

A Associacao de Docentes da Universidade Federal do Pará (Adufpa) anunciou na última quarta-feira (7) que iria paralisar as atividades de ensino remoto emergencial nesta semana para que o professor Emmanuel Tourinho, eleito democraticamente pela comunidade universitária, seja empossado pelo Ministério da Educação (MEC) como reitor da UFPA. 

“Além de paralisar as atividades, os docentes pretendem transformar as aulas remotas em espaços de debates e diálogo com estudantes e a comunidade acadêmica sobre a necessidade de resistência a uma possível intervenção do governo federal na UFPA”, disse a Adufpa após assembleia geral realizada na quarta-feira (6).

Gostei
Haha
Triste
Detestei
Amei
Aff
Gostei
Comentar

+Bolsonaro

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson