Estudo da OMS aponta ineficácia da Hidroxicloroquina contra Covid-19

O estudo 'Solidarity' realizou testes com 11.266 pacientes adultos em mais de 30 países.
O estudo 'Solidarity' realizou testes com 11.266 pacientes adultos em mais de 30 países.
PorMarcos Henderson16/10/2020 10h30

O estudo global da Organização Mundial da Saúde (OMS), "Solidarity Therapeutics Trial", apontou a ineficácia da Hidroxicloroquina e outros três antivirais no tratamento da Covid-19. Segundo os resultados da pesquisa, o medicamento tem pouco ou nenhum efeito sobre o tempo de internação em pacientes diagnosticados com a doença.

A OMS avaliou os efeitos de tratamentos potenciais, incluindo Remdesivir, Hidroxicloroquina, a combinação Lopinavir-ritonavir (um tratamento aprovado contra o HIV) e interferon, em 11.266 pacientes adultos em mais de 30 países. O resultado foi divulgado na quinta-feira (15). 

O "Solidarity" contraria os resultados obtidos pela Gilead Sciences no início do mês, que mostravam uma potencial redução de até cinco dias no tempo de internação dos pacientes que utilizaram o Remdesivir no tratamento. A empresa norte-americana de biofarmacologia questionou os resultados divulgados pela OMS:

"Estamos preocupados que os dados deste estudo global aberto não tenham sido submetidos ao escrutínio rigoroso necessário para permitir uma discussão científica construtiva", afirmou a Gilead em comunicado emitido após divulgação do "Solidarity". 

Desde as primeiras fases da pandemia no Brasil, o presidente Jair Bolsonaro adotou uma postura de imediatismo em relação à retomada das atividades comerciais, e até hoje utiliza a Hidroxicloroquina como um símbolo de esperança no combate à Covid-19, chegando a levantar a caixa do medicamento para milhares de apoiadores em aparições públicas e afirmando, após o teste positivo para a doença, que obteve uma rápida recuperação graças ao tratamento com os comprimidos refutados pela OMS e outros estudos científicos já publicados nos últimos meses. 

Situação do coronavírus no Brasil

O Brasil chegou ao total de 152.513 mortes por Covid-19 desde o início da pandemia, registrando 734 óbitos nas últimas 24 horas. 5.170.996 brasileiros já tiveram ou têm a doença. Os dados foram divulgados pelo consórcio de veículos de imprensa na noite da última quinta-feira (15), a partir dos dados oficiais das secretarias estaduais de Saúde. 

2
Gostei
Haha
Triste
Detestei
Amei
Aff
Gostei
Comentar

+Coronavírus

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson