Diário 24 Horas

Eclipse solar: Saiba onde, como e que horas assistir ao fenômeno hoje

O raro fenômeno poderá ser visto no sul e sudeste do Brasil a partir das 11h33 (horário de Brasília)
O raro fenômeno poderá ser visto no sul e sudeste do Brasil a partir das 11h33 (horário de Brasília)
PorMarcos Henderson

Vários países da América do Sul, incluindo parte do Brasil, poderão assistir a um eclipse solar nesta segunda-feira (14). O raro fenômeno acontece quando o Sol, a Terra e a Lua ficam alinhados, impedindo que a luz solar atinja diretamente a superfície terrestre. 

O eclipse começa às 11h33 (horário de Brasília) e encerra às 15h53, e para quem não conseguir assistir ao fenômeno ao vivo, a Nasa irá transmitir todo o acontecimento online, a partir de 11h40. O eclipse solar só será visto em sua totalidade em alguns pontos do Chile e da Argentina. No Brasil, o fenômeno será visualizado de maneira parcial. 

"No Rio Grande do Sul, cerca de 60% do disco do Sol estará encoberto pela Lua. No Paraná, aproximadamente 50% e em São Paulo e Rio de Janeiro, em torno dos 40%", afirma o professor do departamento de astronomia do IAG, da USP, Roberto Costa, em entrevista à BBC News Brasil, onde destacou as regiões sul e sudeste como as principais para assistir ao fenômeno. 

Quem estiver nas regiões em que é possível visualizar o eclipse, deverá tomar precauções para assistir à cobertura do sol. Especialistas recomendam a utilização de óculos ou visores manuais especiais que possuem filtros bloqueadores de raios solares prejudiciais. Este detalhe é muito importante para que os curiosos não sofram danos possivelmente graves à visão. Para isso, será necessário possuir um aparelho certificado, com a garantia de filtração eficaz. 

A lua nova irá cobrir o sol completamente por pouco mais de dois minutos, de acordo com a astrônoma Tania de Sales Marques, do Observatório Real de Greenwich, em Londres, Reino Unido. Este curto período será o mais escuro possível do fenômeno, em que a lua ficará cerca de 24 minutos sobre a face do sol. 

Além da sorte de estar nos pontos privilegiados e de possuir equipamentos certificados para olhar diretamente em direção ao sol, ainda será necessário contar com sortes meteorológicas. Boa parte das regiões do Brasil onde o eclipse será visível está sobrecarregada de nuvens nesta manhã, o que pode frustrar os curiosos que se esforçarem para assistir ao raro fenômeno. 

+Nasa

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson