Anitta revela segredos em documentário na Netflix, incluindo um estupro aos 14 anos

A cantora conta detalhes do episódio no documentário 'Made in Honório'
A cantora conta detalhes do episódio no documentário 'Made in Honório'
Marcos Henderson
PorMarcos Henderson

Larissa de Macedo Machado, a Anitta, revelou que seu nome artístico nasceu de uma das piores experiências em sua vida: um estupro aos 14 anos de idade. A informação foi apresentada pela cantora no primeiro episódio de seu mais novo documentário, "Made in Honório", disponível na Netflix

"Eu nunca expus isso em público. Eu sempre me coloquei numas relações meio abusivas e, quando eu tinha 14 pra 15 anos, eu conheci uma pessoa. Eu tinha medo dele. Ele era autoritário comigo, falava de forma autoritária. Eu não sei, eu era diferente quando eu era adolescente, eu não era do jeito que eu sou hoje em dia. Ele estava muito nervoso, muito estressado, e eu estava com bastante medo das reações dele quando ele estava estressado, e eu acabei perguntando se ele queria ir pra um lugar só nós dois", diz Anitta. 

"Rapidamente, na mesma hora, ele parou o estresse dele e perguntou se eu tinha certeza. Eu falei que sim. Mas hoje eu tenho plena certeza que eu falei sim porque eu estava morrendo de medo do estresse dele", continuou. "Quando cheguei lá, eu realizei que não era certo eu fazer aquilo por medo nem nada. E falei que não queria mais. Mas ele não ouviu. Ele não falou nada. Só seguiu fazendo o que ele queria fazer. Quando ele acabou, ele saiu, foi abrir uma cerveja e fiquei olhando pra cama cheia de sangue", relembra Anitta, sem conseguir controlar as lágrimas. 

Ela aproveitou para dizer que foi a partir daquele episódio que ela começou a dialogar consigo mesma sobre o que conquistaria no mundo e, sem dúvidas, foi o precursor de sua jornada em busca da fama com o nome Anitta. 

"O que eu sei é que eu peguei isso que eu vivi e transformei em uma coisa pra me fazer sair por cima, pra me fazer sair melhor. Pra todos vocês que se perguntam de onde nasceu Anitta, nasceu daí. Da minha vontade e necessidade de ser uma mulher corajosa que nunca ninguém pudesse machucar, que nunca ninguém pudesse fazer chorar, que nunca ninguém pudesse magoar. Que sempre tivesse uma saída pra tudo. Foi daí que criei essa personagem aí", garante a cantora, que mergulha profundamente em sua história na nova série. 

"Anitta - Made in Honório" mostra o lado mais pessoal e íntimo de Larissa, a mulher por trás de um dos maiores nomes da música latina. Entre os relatos, ela irá contar a emoção que sentiu com alguns encontros com ídolos, a exemplo de Mariah Carey, Will.i.am e outros integrantes do Black Eyed Peas. O documentário estreou na madrugada desta quarta-feira (16) na Netflix. 

Comentários

O que você achou?