Diário 24 Horas

Carro elétrico da Apple pode ser apresentado em 2024

Novos relatórios indicam uma aceleração para o desenvolvimento do projeto na empresa
Novos relatórios indicam uma aceleração para o desenvolvimento do projeto na empresa
PorMarcos Henderson

O carro elétrico da Apple ainda pode ser uma realidade, de acordo com um relatório taiwanês no Economic Daily News, publicado na última segunda-feira (21), e um relatório da Reuters, também de segunda, em que cita fontes próximas ao projeto e alguns detalhes, como a data prevista para a apresentação do projeto a público. 

O relatório taiwanês citou fontes não identificadas que disseram que os fornecedores começarão a aumentar a produção de componentes para o Apple Car no segundo trimestre de 2021 e observou que o projeto está sendo executado alguns anos antes do previsto. Fontes da Reuters disseram que 2024 é a data em que veremos o carro da Apple pela primeira vez.

Até então, apenas rumores indicam o desenvolvimento do Apple Car, que ganhou bastante repercussão no passado, sobretudo após notícias que apostavam fortemente no avanço e na revelação de um protótipo, na década passada, antes de o suposto projeto ser arquivado. Ao invés de investir nos veículos, a Apple teria focado em softwares de carros autônomos, deixando o hardware para outras empresas. 

Ao contrário de algumas empresas de tecnologia e startups, a Apple não estava procurando construir uma espécie de "táxi robô", mas sim um veículo pessoal que o usuário pudesse dirigir. Entre os rumores, também foram relatadas evidências de pedidos de patentes relacionadas a componentes automotivos físicos.

De acordo com o relatório da Reuters, a Apple se reagrupou no Projeto Titan em 2019 e planeja levar adiante os planos para um carro físico, em vez de software. Os planos incluem uma tecnologia de bateria revolucionária para colocar mais energia em uma bateria a um custo muito mais baixo, de acordo com o relatório.

Este pacote de bateria "monocell", como uma fonte descreveu na publicação, libera espaço dentro do pacote para incluir mais materiais ativos para aumentar o alcance de condução enquanto simplifica o design. Uma composição de fosfato de ferro-lítio também está na mesa, ao invés de íon-lítio, supostamente. Quanto à tecnologia de direção autônoma, a Apple está supostamente em negociações com empresas externas para colaborar na tecnologia, mas pode construir suas próprias unidades internamente com experiência na tecnologia do iPhone.

+Apple

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson