Diário 24 Horas

Apoiadores de Donald Trump invadem Congresso americano

O grupo entrou na tentativa de impedir a contagem de votos do Colégio Eleitoral
O grupo entrou na tentativa de impedir a contagem de votos do Colégio Eleitoral
PorBruna Pinheiro

O Colégio Eleitoral norte-americano estava em sessão de contagem de votos para verificar a eleição do país quando um grupo de apoiadores do presidente Donald Trump invadiu o Capitólio, sede do Congresso em Washington, para impedir a verificação dos votos.

A eleição de 2020 deu a vitória para Joe Biden e, desde o período da contagem em novembro, Donald Trump tem tentado invalidar o resultado abrindo processos e incitando seus apoiadores. Momentos antes da invasão Trump novamente discursou informando que não aceitaria o resultado eleitoral. "Eu estarei com vocês. Vamos andar até o Capitólio e felicitar nossos bravos senadores e congressistas", disse Trump. Apesar disso, no Twitter, o presidente pediu protestos pacíficos.

O vice-presidente Mike Pence era o responsável por presidir a sessão no Congresso e tentou acalmar os ânimos dos manifestantes dizendo que deveriam deixar o Capitólio imediatamente e que poderiam sofrer consequências legais pela invasão. "Vocês têm que ir para casa. Precisamos ter paz, precisamos ter lei e ordem e precisamos respeitar nosso grande pessoal de lei e ordem. Não queremos ninguém ferido", afirmou Pence.

De acordo com relatos de jornalistas presentes no local, tiros foram disparados no local, com uma mulher baleada e veio à morte. Os Militares da Guarda Nacional foram convocados para reforçar a segurança do local. Além disso, houve vandalismo nos arredores do Capitólio e a cidade está com toque de recolher declarado pela prefeita, Muriel Bowser.

+Internacional

Sobre o autorBruna Pinheiro
Internacionalista. Escrevo hoje sobre política, economia, filmes e séries. Adoro viajar e comer (não necessariamente nessa ordem). Segue lá @bpinheiro1