Polícia apreende passaporte e R$ 473 mil em dinheiro de Nego do Borel

A alta quantia em espécie foi encontrada no interior de um cofre na mansão do cantor, no Rio de Janeiro
A alta quantia em espécie foi encontrada no interior de um cofre na mansão do cantor, no Rio de Janeiro
Marcos Henderson
PorMarcos Henderson

Nego do Borel foi alvo de uma operação de busca e apreensão em São Paulo e no Rio de Janeiro, e teve R$ 473 mil em espécie apreendidos pela Polícia Civil, juntamente com aparelhos eletrônicos e o passaporte do cantor. 

Os materiais apreendidos foram encontrados na mansão de Nego do Borel, no Rio, e serão encaminhados para a capital paulista. A diretora do Departamento Geral de Polícia de Atendimento à Mulher (DGPAM), Sandra Ornellas, afirmou que o dinheiro foi encontrado no interior de um cofre, "conforme Duda Reis havia mencionado."

A ex-noiva do cantor o denunciou por agressão física, estupro e ameaça através de um Boletim de Ocorrência (B.O.) registrado na 1ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), em São Paulo, há 15 dias.

Nego do Borel, que se separou da influencer em dezembro de 2020, nega todas as acusações mas se mantém reservado desde o surgimento das acusações nas redes sociais, impulsionadas após o áudio vazado de Lisa Barcelos em que revela momentos íntimos com o cantor enquanto ele ainda estava noivo. O cantor, por sua vez, prestou queixa contra Duda Reis, por injúria, difamação e calúnia.

Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos no RJ e SP
Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos no RJ e SP
Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos no RJ e SP

Antes do cumprimento do mandado desta quinta, a polícia já havia apreendido uma réplica de fuzil utilizada para a prática de airsoft, após as denúncias de que ele mantinha armas em casa. 

Duda Reis afirmou à polícia que começou a sofrer agressões em fevereiro de 2019, durante o carnaval, quando chegou a ser humilhada na frente de outras pessoas por causa de ciúmes e outros ataques de fúria de Nego.

Já em agosto de 2018, durante uma viagem para Portugal, ela teria sido estuprada sob efeito de remédios controlados, que, segundo ela, eram administrados em excesso a pedidos do próprio noivo. Ela também afirma que chegou a ser agredida porque não quis ir a uma das apresentações do cantor. 

Comentários

O que você achou?